Como fazer da vitrine uma vitrine para os clientes

Gabi Oliveira, Edição

As vitrines são importantes para qualquer loja. Elas são a porta de entrada do cliente, apresentam novidades e ainda atraem muita gente. Mas, para se tornarem ainda mais atraentes, as lojas desenvolvem vitrines temáticas , que não só chamam atenção dos clientes como também ajudam a divulgar novos produtos e impulsionar as vendas.

A arquiteta Marina Debasa, especialista em arquitetura comercial, lembra que, em tempos de crise, é muito importante buscar se destacar e chamar atenção, e que a maioria das decisões de compra dos consumidores parte do impacto visual que algo causa neles.

“A vitrine não deve ser encarada como um acessório da arquitetura da loja. Ela não só pode como deve ser explorada das mais diferentes formas. Uma data comemorativa próxima é um ótimo pretexto para isso. Utilizar decorações temáticas em vitrines, próximo a datas comemorativas como Natal, Fim de Ano etc., não só lembra ao consumidor da data, como também mostra que a marca está antenada com o mundo”, conta ela.

A utilização de elementos que não vemos comumente em vitrines atrai o olhar mesmo das pessoas mais dispersas. “Existem opções melhores do que colocar uma árvore de Natal na vitrine para o final do ano. Uma iluminação diferente ou a utilização de personagens inusitados impactam muito mais os clientes do que a utilização de objetos comuns”, comenta Marina.

Segundo a arquiteta, ao olhar vitrines, os clientes buscam muito mais do que ver novidades e comprar produtos. “Atualmente, somos impactados por propagandas o tempo inteiro. Quem vai às compras em lojas físicas não quer só comprar, quer experimentar, viver, vivenciar e compartilhar. E qualquer cliente que tenha uma boa experiência tende a compartilhar o momento, seja comentando ou compartilhando fotos em sua rede social. Por isso, uma vitrine deve ser muito mais que um mero palco para mostrar produtos”.

Marina lembra que quem sai para fazer compras quer ter uma experiência verdadeira e profunda, tão impactante que a leve a entrar na loja e adquirir um produto.
“Criar cenários, ambientar produtos e se utilizar de um pano de fundo onírico são estratégias que ajudam a criar vitrines comemorativas e proporcionar experiências de compra para os consumidores”.

Marina finaliza lembrando que, para criar uma vitrine temática, vale a pena fazer um projeto prévio, balanceando produtos da loja com itens cênicos, para não ocorrer exageros.

“Por mais que haja à vontade construir uma bela vitrine temática, ainda assim os produtos da loja devem estar em destaque. Por isso, planejar com antecedência e manter tudo em harmonia também é um diferencial”.