Dia-a-dia

Correria afeta a saúde, mas com calma se corrige

Carolina Paiva, Edição

São muitas as prioridades: cumprir os prazos no trabalho; estudar; dar atenção ao cônjuge; ajudar os filhos com a escola ou cuidar da casa. Não importa qual sua rotina ou quais dessas situações sobrecarregam seu dia a dia. Mas a pergunta que fica é: você prioriza sua saúde?

Para a endocrinologista Emanuela Cavalari, a falta de tempo é um dos principais fatores que afetam o cuidado com a saúde. “A correria do dia a dia pode acabar prejudicando a prevenção e a atenção necessária ao bem-estar da população, sem contar com o desenvolvimento de sintomas como agitação ou irritabilidade, que desencadeiam uma série de mudanças no organismo, como disfunções do sono e do metabolismo”, afirma.

Ela aponta cinco sinais de alerta de que a falta de tempo pode estar afetando a saúde:

1. Deixa de ir a consultas ou fazer examesVocê vive com a agenda lotada, tem muitos compromissos e sente que não tem tempo para nada? Esse é o primeiro sinal de que sua rotina pode afetar sua saúde, principalmente, se no meio dessas obrigações diárias não estão a visita periódica a um médico e a realização de um checkup completo com exames de rotina.

2. Dorme pouco. A rotina agitada e o excesso de tarefas podem diminuir as horas disponíveis para dormir e, pior, podem agravar a qualidade das poucas horas que lhe restaram. “A falta do sono é fator influente para desencadear diversas doenças, por isso não o comprometa para ganhar tempo”.

3. Esquece as coisas com frequência. O estresse e a ansiedade, provocados por um estilo de vida agitado, podem comprometer a memória, principalmente a retenção de novas informações.

4. Você está sedentário. Por falta de tempo você deixou de frequentar a academia, não faz mais caminhadas matinais ou simplesmente usa seu tempo livre para ficar em casa largado no sofá? Mais um alerta. Segundo Emanuela Cavalari, os exercícios físicos contribuem para a melhoria da coordenação e a vascularização cerebral, além de trazerem benefícios nos aspectos cognitivos e emocionais. Outra vantagem que vem junto é a contribuição na prevenção e no tratamento das alterações do colesterol e da glicose.

5. O cansaço e o estresse o acompanham. O mecanismo fisiológico criado pela vida corrida e pela rotina acelerada libera substâncias oxidativas, além de adrenalina e cortisol, no corpo que, em excesso, elevam a frequência cardíaca e a pressão arterial, diminuem a imunidade e colaboram para o aumento de peso e a ansiedade, entre outros fatores. “Juntos, esses sintomas potencializam doenças como hipertensão arterial, doenças cardiovasculares, obesidade e diabetes”, alerta ela.

COMPARTILHE