Despedida

Cármen Lúcia vai deixar o Supremo no início de 2018. O anúncio foi feito por ela, em Belo Horizonte. A ministra voltará a dar aulas na Faculdade Mineira de Direito, após licença, para “matar saudades” dos alunos que lá deixou.