Dilma profética

A ex-presidente tinha razão ao soltar uma de suas muitas e inacreditáveis pérolas: “Não acho que quem ganhar ou quem perder, nem quem ganhar nem quem perder, vai ganhar ou vai perder. Todo mundo perderá.” Perderam.

COMPARTILHE