Medo da volta cria novos monstros para ‘matar’ Lula

Silas Correa Leite

Daqui a uns 50 ou cem anos, quando forem pesquisar a história do Brasil, se consultarem a imprensa vendida e chamada no baixo clero do varejo de mídia abutre, vão ver que o melhor presidente do Brasil foi um homem tachado de corrupto e ladrão; o Lula, atacado e perseguido pela imprensa e pela justiça amoral durante trinta anos.

Se forem pesquisar a economia, a política mesmo, a inclusão social, os números vitais dirão que foi a melhor época do Brasil desde Getúlio Vargas, e que o melhor presidente do Brasil foi o Lula, reconhecido no mundo inteiro, no chamado primeiro mundo, pois entre outras grandezas e conquistas sociais datadas tirou o Brasil do mapa da miséria, de décima segunda economia do mundo a sexta economia.

Desde 1500 da colonização de exploração, passando pela libertação dos escravos, depois pelo golpe militar de 64, depois pelo falso sociólogo FHC que o Brasil não tinha inclusão social de milhões, que nem nobres, nem marechais, nem acadêmicos da USP conseguiram, o que um nordestino tido como semianalfabeto e migrante da seca conseguiu, e isso a elite amoral, insensível corrupta não engole.

Partindo dessa premissa, a mídia sempre jogando para a massa ignara e atacando o Lula, julgando-o, culpando-o, fazendo jogo midiático parvo para uma justiça de ratos de toga e marajás petulantes prenderem o Lula, humilharem o Lula, jogarem o Lula na cadeia e jogarem a opinião pública contra ele, porque eles não têm candidato que preste e a altura do Lula para concorrerem com ele. Vão matar o Lula? Vão derrubar também o avião do Lula? Vão provocar um acidente de trânsito, um atentado, uma morte por envenenamento paulatino, para dizerem que o Lula se matou sozinho, morreu de beber pinga, etc. e tal?

Não conheço ninguém que preste cem por cento, ou que seja honesto cem por cento, e que fale mal do Lula. Pois é, caras pálidas “fazem faculdades” (as aspas são propositais), vendo televisão rastaquara e querem discutir política. Não chegam ao pé do Lula, mas atacam-no, parecendo que são politizados. E os direitos humanos do Lula? E são analfas, reaças, ignorantes políticos, mal formados e mal informados, que quando querem posar de criticozinhos de ocasião, tipo Geração Hipoglós alienada, seguindo o open doping da mídia abutre, alegam, coiós de tudo, que os políticos são todos iguais, ou que nenhum político presta. Já pensou? Pensar pode, deve.

O medo do Lula criou monstros. Como o medo do comunismo criou acéfalos. O Brasil não tem competência para ser comunista. Como o medo da Dilma criou amebas coxinhas-daslu. Em Portugal diz-se: Queremos um Lula aqui. Barack Obama disse que ele é o Cara. Em Washington D.C. tem uma estátua de grandes líderes mundiais, e lá está a do Lula. Líder ao nível de Nelson Mandela, Mahatma Gandhi, Mário Soares, só para citar alguns reconhecidos líderes mundiais que governaram para o povão também.

E qual é a do juizeco de apostila, o Moro? Perto do Lula ele não é nada e nem ninguém, mas é neofascista, e não é só porque não passou no exame da OAB, é de meio e clã. Freud explica? Nessa linha, tentar destruir o que você não é, não pode ser, não pode ter. Curto e grosso, por esse cérebro de penico de toga, o Lula já está definitivamente condenado e morto. Agora só falta arrumar um crime fictício, nem que seja inventado, uma premiada delação parcial, tendenciosa e amoral, de pedalinho, triplex, casa na lua, boi voador, amante argentina, coisa assim.

Quando é que vão exonerar esse arrogante juizinho de primeira estância, pais e esposa ligados a impunes corruptos do PSDB do Paraná falido, e que posa em fotos todo ridente com corruptos costumeiros, historiais, impunes, que já foi interpelado e questionado por corte internacional de direito, amigo do Aécio Neves, aquele do avião com drogas em aeroporto construído com dinheiro público? Por essas e outras, pensa-se: justiça tendenciosa e parcial não é justiça. Pior, se temos bandidos impunes na política, é porque também temos bandidos na justiça.

Vão matar o Lula. Já mataram sua esposa Marisa Leticia. Ficou por isso mesmo. Derrubaram o avião do Eduardo Campos, do Desembargador Teori, mas temem derrubar o Lula, matarem-no, e começarem uma guerra civil a partir de uma comoção nacional, igual à época da morte do Vargas. Temer com 70% de desaprovação por ser ridículo, e mais de 60% do Brasil a favor do Lula, e questionando essa perseguição de toga, terno, gravata e farda, com a própria PF sendo politizada para favorecer o fim de direitos trabalhistas, de garantias constitucionais, e alguns juízes aparecidos e petulantes se achando, marajás de toga, mas se passarem por um crivo historial de vida pregressa em peneira de transparência não chegam ao pé do Lula.

Comentei com uma amiga que tenho medo do Lula se matar, ou voltar o câncer, porque o câncer historial de uma justiça incompetente, corrupta, violenta e senil já se arvora, e uma mídia no mesmo diapasão já julgou o Lula, mesmo que os grandes meios de comunicação devam bilhões ao fisco, de terem concessões públicas, mas pensavam que iriam eleger o Aécio Neves que anistiaria a todos, e assim propagam diuturnamente mentiras não provadas e ilações contra o Lula, e é essa mesma imprensa que financiou o funesto golpe de 64 que fecundou ovos de serpentes do fascismo que ainda resta numa sociedade podre, ornada de ditadores impunes.

Lula já foi tachado de tudo quanto se pode imaginar, de calúnias e difamações, de inverdades a notícias fakes, e o mito, a lenda, o homem, parece fermento. Quanto mais batem, mais cresce nas pesquisas. O povo já foi bobo de acreditar na justiça, na imprensa, no PSDB, no PMDB, mas é tanto ódio contra o Lula, e o PT, com os outros verdadeiros ladrões, corruptos e propineiros posando de santos, com os outros corruptos e ladrões de máfias e quadrilhas protegidos pelo Janot, pelo Moro, pela decadente justiça tendenciosa e parcial, pelo STF, que está ficando óbvio demais. O leitor não é tão bobo assim…

Não se assustem, portanto – e isso não é uma profecia, mas uma dica de raciocínio lógico-sequencial dentro do nosso processo histórico até – se o Luiz Ignácio Lula da Silva, o melhor presidente que a república brasileira já teve, um bendito dia para a República Fascista de Curitiba de forma arbitrária for conduzido coercitivamente para averiguação enganatória, ficar detido sem nada que o condene que tenha transitado em julgado conforme preconiza a constituição, e um dia lá apareça “suicidado”; morto, colapso, sequela, depressão. E tudo de novo ficar por isso mesmo, como a morte de JK, de Jango, de Eduardo Campos, de Teori.