Putin quer diálogo como meio para acalmar coreanos

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, condenou o mais recente teste balístico da Coreia do Norte, afirmando que “não há nada de bom” sobre essa notícia.

Ontem, o isolado regime asiático afirmou ter realizado o lançamento de um novo tipo de foguete de “médio-longo alcance”, um artefato que teria capacidade de carregar uma ogiva nuclear.

Segundo o Ministério da Defesa da Rússia, o foguete aterrissou a centenas de quilômetros da cidade de Vladivostok, no leste da Rússia. Putin, por outro lado, afirmou que ele “não representou uma ameaça” a seu país.

O presidente russo também afirmou que os testes balísticos e nucleares do vizinho ao sul são “inaceitáveis”. “Precisamos voltar ao diálogo com a Coreia do Norte”, comentou.

COMPARTILHE