Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


'Aqui, não'

Alemanha aborta golpe de direita e prende extremistas

Publicado

Foto/Imagem:
Antônio Albuquerque, Edição - Foto Reprodução

A polícia alemã está conduzindo uma das maiores operações do país contra um suposto grupo extremista que planejava invadir o Bundestag (Congresso da Alemanha), afirmaram promotores nesta quarta-feira. 7. As forças especiais operam simultaneamente em onze estados, com relatórios sugerindo que mais de 100 homens e mulheres membros de uma organização terrorista de direita já foram detidos.

“No início desta manhã… promotores federais prenderam 102 supostos membros e três supostos apoiadores de uma organização terrorista com base em mandados de prisão emitidos por um juiz investigador do Supremo Tribunal Federal”, disse a promotoria federal alemã em um comunicado.

Mais de 130 residências, escritórios e outros locais estão sendo revistados ou já foram revistados como parte da operação.

Os extremistas planejaram que alguns membros das forças de segurança se solidarizassem com o grupo, o que levaria a um golpe. Segundo promotores alemães, o grupo pretendia estabelecer um governo militar provisório.

“O grupo deveria formar um governo militar provisório, que, segundo os integrantes do grupo e segundo a narrativa do movimento ‘Reichsburger’ [pequeno movimento que rejeita a legitimidade do Estado alemão moderno], deveria negociar uma nova ordem estatal na Alemanha com as potências aliadas que venceram a Segunda Guerra Mundial”, acrescentou o escritório.

Os detidos pertencem a uma organização terrorista fundada em novembro de 2021, que estabeleceu o objetivo de derrubar o sistema estatal existente na Alemanha e substituí-lo por sua própria forma de estado. As autoridades alemãs disseram que uma mulher russa, Vitalia B., estava entre os detidos. No entanto, não há razão para acreditar que as autoridades russas apoiaram esses conspiradores, observou o comunicado dos órgãos de segurança.

Publicidade
Publicidade