Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Cuidados especiais

Atenção à gestante vai além da atenção primária

Publicado

Foto/Imagem:
Carolina Paiva, Edição - Foto Divulgação

Desmistificar o processo de nascimento. Esse é o objetivo do curso de orientação para preparo de parto e nascimento, que estreou no Hospital Materno Infantil de Brasília (Hmib) em 2001 e, hoje, é ministrado em diversas unidades hospitalares.

A enfermeira obstetra Gerusa Amaral de Medeiros está na Secretaria de Saúde (SES) desde 1996 e fez parte do grupo que idealizou os encontros. Atualmente lotada no Hospital Regional de Asa Norte (Hran), ela se orgulha do trabalho que oferece mais preparo aos casais. “Damos todas as informações para que essa mulher chegue ao dia do parto o mais tranquila possível. Ela sai conhecendo o processo, por onde vai passar e os profissionais que irão atendê-la”, explica.

As reuniões mensais de gestantes contam com rodas de conversa sobre cuidados no final da gestação, as melhores posições para as contrações e o que levar ao hospital quando entrar em trabalho de parto. O acompanhante recebe dicas e participa de encontros a respeito da relevância da presença e da colaboração do pai em todo o processo.

Durante o encontro, é possível ainda visitar o centro obstétrico e a maternidade do hospital, bem como conhecer a equipe que ficará responsável pelo final do período gestacional. A ideia é tirar dúvidas, minimizar os medos e promover um processo mais saudável.

Rede de apoio
Além do serviço informativo, as reuniões são oportunidades de acolhimento a essas mulheres. “É um espaço para trocar experiências, fazer desabafos e compartilhar histórias. Aqui elas entendem que serão bem cuidadas nesse momento único”, ressalta Medeiros. “Esse refúgio é muito importante, principalmente para aquelas que já passaram por complicações durante outra gravidez”, completa.

É o caso de Simone Matos. Aos 38 anos, ela está no começo da terceira gestação e, encaminhada pela Unidade Básica de Saúde (UBS) 2 da Asa Norte, onde recebe o acompanhamento da atenção primária, foi para o encontro no Hran para se tranquilizar.

Ela conta que, por problemas de saúde, sofreu abortos nas duas gestações anteriores. Agora, sem desistir do sonho de ter um filho, começou o pré-natal assim que recebeu o resultado positivo do teste de gravidez. Com o apoio do marido, Simone deixou o trabalho como gerente em um salão de beleza para se cuidar e procurou o atendimento da rede pública.

“Com a minha idade e o meu histórico, fico ansiosa e com medo. Essa conversa me ajudou a me sentir menos nervosa, me ajudando a conhecer o tratamento que vou receber”, relata Simone. “Aqui eu pude contar da minha situação e tirar minhas dúvidas. Senti muita segurança com as explicações da equipe”, finaliza, aliviada.

Além da orientação para o preparo do parto e do nascimento, o Hmib reúne grupos que fornecem diretrizes acerca de cuidados com recém-nascidos. O intuito é incentivar as boas práticas e ajudar nos primeiros estágios do pós-parto. O curso acontece ao longo do ano, sempre no segundo e no quarto sábado de cada mês, no auditório do hospital e qualquer gestante ou mãe em período de amamentação pode participar com um acompanhante.

A equipe do centro hospitalar também é treinada para orientar diariamente as mães e os pais sobre a importância do contato direto com o bebê e as vantagens da amamentação.

A secretária de Saúde, Lucilene Florêncio, destaca a relevância desse cuidado: “A literatura prova que a precocidade da amamentação muda a realidade de uma criança, tanto pelos nutrientes, como pelo vínculo materno e o equilíbrio emocional do binômio mãe e filho”.

Já a UBS 1 de Taguatinga organiza o “Chá de bênçãos”, atividade voltada a grávidas a partir da 34ª semana e que estão em acompanhamento no local. Nesse dia, as gestantes participam de conversas, fazem escalda-pés, maquiagem, pintura na barriga e, ao final, ganham uma sessão de fotos para levar de recordação. A frequência dos encontros depende do número de atendidas que se encaixam no perfil.

As UBSs 1 e 2 do Riacho Fundo, por sua vez, realizam periodicamente, a depender da demanda, palestras com o tema “Orientação Nutricional para Gestantes”. Mulheres atendidas por essas unidades e seus acompanhantes são convidados pelas equipes de referência a participar dos encontros. Neles, são passadas informações sobre alimentação saudável e orientações nutricionais durante a gravidez. As datas das reuniões são disponibilizadas pela UBS no mês anterior.

Publicidade
Publicidade