Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Mundo

Bombardeios provocam fuga de milhares de pessoas

Bartô Granja, Edição

Mais de 235 mil pessoas fugiram da região de Idlib, noroeste da Síria, nas últimas duas semanas devido à intensificação dos bombardeios sírio e de sua aliada Rússia contra o último reduto rebelde, informou a ONU nesta sexta-feira (27).

Os deslocamentos forçados, registrados entre 12 e 25 de dezembro, deixaram praticamente vazia a cidade de Maaret al Numan, cenário de violentos combates, afirma a ONU em um comunicado.

A maioria dessas pessoas fugiu para o norte – para as cidades de Ariha, Saraqeb e Idlib –, ou para campos de deslocados que já estão superlotados ao longo da fronteira com a Turquia. Outros estão se dirigindo para áreas controladas por rebeldes pró-Ancara, ao norte de Alepo, segundo a ONU.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente