Curta nossa página


Tesouro arqueológico

Cemitério sagrado pre-inca revela a história antiga do Peru

Publicado

Autor/Imagem:
Chimauchem Nwosu/Via Sputniknews - Foto Reprodução

Uma expedição conjunta de arqueólogos peruanos e japoneses descobriu um local de culto ancestral que remonta muito antes da chegada dos colonizadores espanhóis. O local, localizado no Vale de Jequetepeque, na província de San Miguel, em Cajamarca, próximo à fronteira com o Equador, contém vestígios de antepassados, tumbas e oferendas feitas de cerâmica.

O arqueólogo japonês Shinya Watanabe divulgou a descoberta de um sítio arqueológico da era Wari, datado entre os anos 800 e 1000, na região de Cajamarca, localizada 900 quilômetros ao norte da capital peruana.

“No local foram encontradas duas câmaras funerárias com fossas para colocação de múmias e oferendas aos antepassados”, observou o arqueólogo.

Cada um desses compartimentos sepulcrais é um arranjo de design de duas camadas, cada um ostentando cinco alcovas embutidas nas paredes, contendo um tesouro de itens como cacos de barro, restos de conchas de moluscos e uma placa de tripé sustentada por três bases em forma de cone.

Também entre as descobertas estava um pacote contendo uma efígie feminina, uma cerâmica cerimonial Wari em tons escuros, dois harmoniosos instrumentos de sopro de argila e dois fechos de cobre.

“É uma grande descoberta porque os arqueólogos procuravam evidências da cultura Wari”, afirmou Shinya Watanabe, professor da Universidade Nanzan, no Japão.

Segundo Watanabe, este local abrigava uma população heterogênea, servindo como centro sagrado dedicado à veneração de seus antepassados.

Como expressou a líder do escritório de cultura de Cajamarca, Judith Padilla, essas descobertas oferecem um vislumbre “do estilo de vida e das práticas rituais” das civilizações passadas que residiram nesta região.

A cultura Wari perdurou dos séculos VII ao XIII na região que abrange o atual Peru. No entanto, por volta de 1100 dC, o ascendente Império Inca subjugou os Wari.

O Projeto de Exploração Arqueológica (PAE) Terlen-La Bomba cpprdenouos trabalhos, abrangendo uma extensa área de 24 hectares. Segundo o Ministério da Cultura do Peru, o objetivo principal deste estudo é compreender o quadro sócio-político da cultura Cajamarca durante a era do Horizonte Médio (900 a 1000 dC) e suas interações com a cultura Wari.

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2024 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.