Curta nossa página


3ª Geração

China coloca em ação supercomputador quântico

Publicado

Autor/Imagem:
Antônio Albuquerque, Edição, com Sputniknews - Foto Reprodução

A computação quântica da China fez novos progressos, com seu computador supercondutor de terceira geração, “Origin Wukong”, atuand online na Origin Quantum Computing Technology (Hefei) Co.

Alimentado por um chip quântico supercondutor de 72 qubit chamado “chip Wukong”, é o computador quântico supercondutor programável mais avançado da China, de acordo com uma declaração conjunta do Centro de Pesquisa de Engenharia de Computação Quântica de Anhui e do Laboratório Chave Provincial de Anhui.

O equipamento é um baseado em chips quânticos de circuito supercondutor. Internacionalmente, tanto os computadores quânticos da IBM quanto do Google aplicam essas rotas de tecnologia supercondutora.

Equipado com o sistema de medição e controle de computação quântica de terceira geração da Origin Quantum, o “Origin Wukong” marcou a primeira realização na China de testes automatizados em lote de chips quânticos, indicando que a eficiência do computador quântico aumentou dezenas de vezes, disse Kong Weicheng, vice-diretor do Centro de Pesquisa em Engenharia de Computação Quântica de Anhui.

De acordo com Jia Zhilong, vice-diretor do Laboratório Provincial de Chips de Computação Quântica de Anhui, o “chip Wukong” tem um total de 198 qubits, incluindo 72 qubits de trabalho e 126 qubits de acoplador.

A Origin Quantum já entregou sua primeira e segunda gerações de computadores quânticos supercondutores ao mercado chinês. Fundada em 2017, a empresa sediada em Hefei estava por trás da primeira linha de produção de chips quânticos da China, do primeiro sistema operacional de computador quântico e do primeiro sistema de medição e controle de computação quântica.

Em termos de patentes de computação quântica, a Origin Quantum ocupa a primeira posição na China e a sexta posição globalmente. A computação quântica é vista como a alternativa mais promissora ao atual computador geral baseado em chips de silício.

A Conferência Central de Trabalho Económico, realizada em Dezembro de 2023, apelou a esforços renovados em inovações industriais e, em particular, na criação de novas indústrias, modelos e impulsos com tecnologias disruptivas e de ponta. Apelou também ao cultivo de indústrias emergentes estratégicas, incluindo a produção biológica, a indústria espacial comercial e a economia de baixa altitude, e a abertura de novas arenas para indústrias futuras, como a tecnologia quântica e as ciências da vida.

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2023 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.