Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Barril de pólvora

China acompanha manobras militares de EUA-Japão

Publicado

Foto/Imagem:
Bartô Granja, Edição - Foto Divulgação

Quatro destroieres de mísseis guiados Type 055 da China estão navegando pelo Mar Amarelo, próximo à costa da Base Naval de Yuchi, na província de Shandong. Esses enormes navios de guerra estão acompanhando exercícios navais realizados por forças americanas e japonesas, o que demonstra a preocupação de Pequim contra futuras manobras que visem desestabilizar a Ásia.

Os Type 055s podem desempenhar uma variedade de funções, incluindo caça submarina, defesa antiaérea e bombardeio de superfície. Mas, de acordo com Zhou Chenming, pesquisador militar d Yuan Wang, os navios de guerra não estão exatamente dando uma demonstração de força ou ensaiando qualquer tipo de operação no mar.

“Não há nenhum exercício militar formal para os quatro navios, porque uma flotilha naval formal deve ser composta por diferentes tipos de navios de guerra”, disse Zhou ao South China Morning Post. No entanto, dois desses navios – o Lhasa e o Nanchang -, realizaram exercícios de tiro real no Mar Amarelo.

A navegação acontece durante e não muito longe de grandes exercícios militares de um grupo de batalha de porta-aviões da Marinha dos EUA e seus aliados japoneses.

Na terça-feira, o USS Abraham Lincoln e seu grupo de batalha entraram no Mar do Japão, marcando a primeira vez em cinco anos que um navio de guerra dos EUA passa pela região, qie separa o Japão da Rússia e da Península Coreana e tem sido o local de vários testes de mísseis da Coreia do Norte. O Lincoln foi acompanhado pelo navio japonês Kongo, líder em sua classe de destroieres de mísseis guiados, bem como vários caças japoneses F-2.

Os exercícios são uma suposta resposta aos testes mais recentes de vários mísseis balísticos intercontinentais com potencial para atingir o território continental dos Estados Unidos.

Publicidade
Publicidade