Curta nossa página


América do Sul

Ciência descobre recifes em águas profundas das Ilhas Galápagos

Publicado

Autor/Imagem:
Sonja Tavares, Edição, com Sputniknews - Foto Divulgação

Dois grandes recifes de coral “imaculados” foram descobertos na semana passada na costa das Ilhas Galápagos, na América do Sul, de acordo com um grupo internacional de cientistas do Schmidt Ocean Institute.

Em contraste com os recifes rasos com os quais os mergulhadores podem estar familiarizados, os recifes de águas profundas prosperam sem luz solar em condições frias e escuras.

Os descobertos recentemente têm até oitocentos metros de comprimento e ficam a quatrocentos metros abaixo da superfície, no fundo do oceano. Diz-se que têm milhares de anos.

A descoberta foi feita por um veículo operado remotamente que examinou o fundo do mar com scanners a laser. Os cientistas dizem que os mapas de alta resolução resultantes da descoberta ajudarão na conservação dos animais e em pesquisas futuras.

Lulas, camarões e estrelas frágeis estavam entre os animais que habitavam os recifes.

“Encontrar recifes tão profundos e de vida longa nos leva a passos importantes mais próximos da proteção de dimensões ocultas da diversidade oceânica e da compreensão do papel que os habitats profundos desempenham na manutenção da saúde do nosso oceano”, disse Stuart Banks, cientista marinho da Fundação Charles Darwin.

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2023 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.