Curta nossa página


Sempre alerta

Coreia testa mais mísseis e dispara artilharia para provocar vizinho

Publicado

Foto/Imagem:
Antônio Albuquerque, Edição - Foto Divulgaçao

A Coreia do Norte disparou nesta quarta-feira mais 100 tiros de artilharia em direção ao Mar Amarelo, informou o Estado-Maior Conjunto da Coreia do Sul. Dois mísseis de curto alcance também foram testados.

Os tiros foram disparados do condado de Yonan, na província de South Hwanghae, por volta das 12h30, horário local. Os projéteis caíram na zona de amortecimento ocidental estabelecida sob o acordo militar intercoreano de 2018.

Seul alertou repetidamente Pyongyang que bombardeios de artilharia dentro de zonas de amortecimento no Mar do Japão e no Mar Amarelo são uma violação do acordo.

“Avisamos fortemente que o bombardeio de artilharia na zona tampão marítima é uma clara violação do Acordo Militar 9.19 e essa provocação contínua da Coreia do Norte é um ato que mina a paz e a estabilidade não apenas na Península Coreana, mas também na comunidade internacional. Pedimos um cessar-fogo imediato”, disseram os militares sul-coreanos em comunicado.

De acordo com a agência de notícias sul-coreana Yonhap, a Coreia do Norte disparou até 250 tiros de artilharia nas águas de suas costas leste e oeste.

A Coreia do Norte realizou oito lançamentos de teste desde 25 de setembro e mais de 25 desde o início de 2022. Pyongyang enfatizou que seus lançamentos de teste estão sendo realizados em resposta à recusa dos EUA e da Coreia do Sul em interromper os exercícios militares conjuntos, que Pyongyang acredita ameaçar a estabilidade regional.

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2023 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.