Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Brasília

Corrida de Reis volta a ser realizada à noite

Kamilla Cerbino

Após dois anos ocorrendo no período da manhã, a tradicional Corrida de Reis volta a ser realizada à noite. Em sua 50º edição e considerada um dos grandes eventos esportivos do país, a corrida ocorrerá no sábado, dia 25 de janeiro, com largada em frente ao Estádio Nacional Mané Garrincha.

“A corrida noturna é uma referência nacional pela beleza arquitetônica de Brasília”, disse o secretário de esporte e lazer do Distrito Federal (DF), Leandro Cruz.

Serão 16 mil vagas, divididas em metada para o percurso de 6 quilômetros (km) e metade para o percurso de 10 km, além de 1 mil vagas para atletas mirins, com idades entre 4 e 14 anos. O evento é totalmente gratuito e o custo estimado do evento para o governo local é de R$1,3 milhão.

Inscrições
Nesta edição, que marca o início das comemorações do aniversário de 60 anos de Brasília, as inscrições devem ser feitas pelo site da Secretaria de Esporte e Lazer, no dia 13 de janeiro em horários diferenciados.

Para os atletas que desejam correr o percurso de 10 km o link para inscrição estará disponível a partir das 13h até as 14h59.

Às 15h, a secretaria disponibilizará o link de inscrição para os atleta que desejam se correr o percurso de 6 km. As inscrições para a corrida mirim também começam a partir das 13h e ficarão abertas até terminar o número de vagas disponíveis.

Os kits para a corrida (com camiseta, número de identificação do corredor e chip eletrônico) devem ser retirados no estádio, de 23 a 25 de janeiro. Para a retirada é necessário levar 4 quilos de alimento não perecível.

Categorias
A largada da prova para a categoria mirim será às 16h, e os percursos variam de 25 metros a 300 metros, de acordo com cada faixa etária. Haverá sorteio de bicicletas para os participantes.

Após grande demanda de pessoas com deficiência, a secretaria de esportes subdividiu os inscritos nas categorias andante e cadeirante. Os cadeirantes também serão divididos em racing wheelchair (cadeira triciclo, especial para corrida) e handcycle (bicicleta pedalada com as mãos). Já os andantes serão subdivididos em deficientes visuais, deficientes intelectuais, mobilidade superior reduzida e mobilidade inferior reduzida.

Premiação
Os cinco melhores colocados no percurso de 10 km serão premiados com troféu; e no percurso de 6 km, com medalhas. Os três primeiros colocados em cada uma das categorias para atleta com deficiência também receberão medalha.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente