Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Qual é a cor do Diabo?

Cramunhão inferniza vida do pio na terra brasilis

Publicado

Foto/Imagem:
Manly Spike*/Especial para Notibras - Foto Reprodução Portal dos Mitos

Na política, não adianta você ser inclinado à piedade; devoto, religioso · benigno, compassivo, misericordioso … porque o Diabo não veste prada! O Cramunhão inferniza a vida do pio. Se não, vejamos…

Quem diria que o ministro terrivelmente evangélico encadeirado no STF cassasse a liminar que proibia a divulgação do que é proibido dizer, imoral no acontecer e ilegal no fazer?!

Acontece que o B do Império Suicida chefe de clã pra lá das terras brasilis, acha que lidera o “DataPovo” como ele mesmo diz; mas o Cramunhão Bei lidera mesmo é o “DataGoogle”. Por lá, o capitão racha na preferência das pesquisas, 53% das buscas no deus do conhecimento moderno querem saber – dentre outras coisas – qual é o número do B que mudou de tenda nessa corrida para o Palácio do Planalto? O L do Império Liso tem somente 40% das intenções de busca no “DataGoogle” é boa parte das buscas querem saber qual a diferença entre liso, leso e louco?

No entanto, as principais dúvidas dos usuários são sobre problemas relacionados à reeleição na culinária partidária que se formou na terra brasilis.

Enquanto isso o Brasil é só mágoa: “da lama ao caos e do caos à lama…” Não é possível que o eleitor brasileiro vá se enganar de novo?

É preciso acreditar e fazer coro àquele trecho da música que diz: “um homem roubado nunca se engana.” Será? Os riscos dos próximos dias é grande.

Antes do dia 2 de outubro o eleitor brasileiro deve ficar ligado nos debates entre os candidatos – que irão acontecer ao longo da semana – porque existem temas fundamentais para a eleição que se aproxima, e que deve-se observar como cada candidato trata do assunto: respeito, esperança, educação e economia.

Agora, quem quiser ser um amplificador dos seus próprios preconceitos, ai já é outro patamar. Porém, ser pragmático no momento do voto, é essencial para o fortalecimento da Democracia. Porque, hoje, o gerente da nação é um verdadeiro Cramunhão que inferniza a vida do pio.

Assim não dá. Assim não pode ser.

* Manly Spike é o espigão viril do jornalismo internacional e especialista em política brasileira desde os tempos do império português que se instalou nas terras do Pau Brasil.

Publicidade
Publicidade