Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Brasília

Defesa Civil alerta para chuvas torrenciais

Bartô Granja, Edição

A chuva que caiu sobre Brasília nesta quarta, 20, vai se repetir até a próxima semana – e com mais intensidade ainda. É o que prevê o Instituto Nacional de Meteorologia. Em função disso, o Distrito Federal está em alerta pois há chances de ventos de até 80 quilômetros por hora, ameaçando eventuais danos materiais.

Para evitar surpresas, a Subsecretaria do Sistema de Defesa Civil, vinculada à Secretaria de Segurança Pública (SSP/DF), enviou aviso à população cadastrada no sistema de informações de SMS e orienta cuidados aos brasilienses.

O Inmet prevê que a capital terá chuvas intensas pelo menos até a próxima semana. Por isso, o subsecretário de Defesa Civil, coronel Sérgio Bezerra, alerta para a importância de seguir as orientações para esta época chuvosa. “É recomendável muita calma neste momento de chuva forte. O cuidado deve ser redobrado com crianças e idosos.”

No trânsito a atenção deve ser ainda maior, já que há possibilidade de alagamentos em áreas da cidade. Em veículos, a dica é não passar por locais alagados. “Se o condutor não conseguir ver o meio-fio, que tem em torno de 25 centímetros de altura, o ideal é mudar de rota para não perder o veículo e nem arriscar a própria vida”, orienta Bezerra. Ele acrescenta que, no caso de alagamento inevitável, a pessoa deve sair do carro imediatamente.

Quando há incidência de raios, deve-se evitar o uso de telefone ligados a tomadas e manter distância de canos, janelas e portas metálicas. “A orientação é não utilizar equipamentos conectados à rede elétrica, principalmente se tiverem sido molhados, pois há risco de choque e curto-circuito”, advertiu o coronel.

Caso haja destelhamento devido a ventos fortes, a orientação é permanecer dentro da residência e procurar abrigo sob estrutura sólida, como uma mesa ou cama, para evitar ser atingido por cacos ou pedaços de telha, por exemplo. Entrar em piscinas ou lagos também não é recomendado. Em rios e cachoeiras, o problema é agravado pela possibilidade de tromba d’água, que não raro pega de surpresa quem estiver pela frente.

Em situações com inundação, se começar a entrar água dentro de casa a orientação é desligar disjuntores para evitar risco de eletrocussão. O religamento da rede só deve ocorrer depois que ela for revisada, para que não haja colapso no sistema.

Os avisos via SMS são enviados toda as vezes em que há alerta. Para receber os comunicado de urgência é necessário fazer um cadastro prévio. E, para solicitar o recebimento desses avisos, o interessado deve enviar o CEP para o número 40199.

Recomendações:

– Não segurar objetos metálicos longos, como varas de pesca e tripés;

– Não empinar pipas ou aeromodelos com fio;

– Não andar a cavalo;

– Não permanecer na água;

– Evitar lugares que ofereçam pouca ou nenhuma proteção contra raios, como pequenas construções não protegidas (celeiros, tendas ou barracos) e veículos sem capota, como tratores, motocicletas ou bicicletas;

– Não permanecer em áreas abertas, como campos de futebol, quadras de tênis e estacionamentos;

– Não permanecer no alto de morros ou no topo de prédios;

– Não se aproximar de cercas de arame, varais metálicos, linhas elétricas aéreas e trilhos;

– Nunca se abrigue debaixo de árvores isoladas.

Emergências – Em situações de emergência, o primeiro órgão a ser acionado é o Corpo de Bombeiros Militar do DF, pelo telefone (discar 193). A Defesa Civil é chamada pelos bombeiros quando há ameaça iminente de desabamento de estruturas.

Canal direto – O canal direto com a Defesa Civil, para esclarecimento de dúvidas ou solicitações, é o telefone 199, ou pelos números (61) 3362-1906/1909.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente