Curta nossa página


Rotina de Ana

Desafios vencidos todos os dias por uma jovem PcD

Publicado

Autor/Imagem:
André Montanha - Foto Reprodução/Freepik

No turbilhão do cotidiano, Ana, uma jovem com deficiência, navega entre obstáculos físicos e sociais com uma resiliência notável. Seu despertar diário é uma dança entre a determinação e a adaptação, onde cada passo é uma vitória conquistada sobre as barreiras que a vida apresenta.

Desde a manhã, Ana enfrenta o desafio de um mundo que muitas vezes esquece das suas necessidades. Calçadas estreitas e sem rampas tornam o trajeto até o trabalho uma verdadeira prova de paciência e destreza. No entanto, seu sorriso persiste, desafiando a indiferença urbana que tenta limitar seus movimentos.

No escritório, Ana mergulha em suas tarefas com uma mente afiada e uma habilidade incrível de superar as expectativas. Os colegas, inicialmente hesitantes, logo descobrem que a deficiência de Ana não a define, mas sim a força interior que a impulsiona. Ela se torna uma inspiração silenciosa para todos ao seu redor.

No almoço, Ana desbrava os desafios da acessibilidade nos restaurantes da cidade. Mesas apertadas e banheiros inacessíveis são obstáculos diários que ela transforma em oportunidades de sensibilização, buscando criar um ambiente mais inclusivo para todos.

Ao retornar para casa, Ana encontra refúgio em suas paixões. A leitura, a música e a arte se tornam seus companheiros, oferecendo um escape do mundo muitas vezes inóspito. É nesses momentos que ela se reconecta com sua essência, ultrapassando as barreiras físicas e encontrando liberdade na imaginação.

O entardecer traz consigo desafios diferentes, especialmente quando a cidade se transforma em um labirinto de obstáculos. No entanto, Ana enfrenta a noite com a mesma determinação que marcou seu dia. Seu lar, adaptado com cuidado, se transforma em um santuário de independência, onde ela reflete sobre as conquistas do dia e planeja novos horizontes a explorar.

A crônica do dia-a-dia de Ana é um testemunho não apenas de suas lutas, mas também de suas vitórias constantes. Sua jornada é um lembrete de que a verdadeira deficiência reside na falta de empatia e na ignorância, e que a força de vontade pode transcender qualquer limitação física.

*Aos nossos leitores: Notibras abriu este espaço editorial para o segmento PcD. Para que possamos interagir, mostrarmos que somos pessoas comuns. Encaminhe sugestões, mande seus textos. Prometo que tudo será bem recebido e aproveitado. Meu WhasApp é +55 61 98425-4895.

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2024 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.