Curta nossa página


Depois da embriaguez

Dona Irene enfim conhece o ET de Varginha

Publicado

Autor/Imagem:
Eduardo Martínez - Foto Acervo Pessoal

A Dona Irene e eu, que estávamos em Poços de Caldas, pegamos a estrada para Varginha, conhecida por seus eventos ligados a seres vindos de outros planetas. Chegamos já no finalzinho da tarde, o que nos possibilitou passear por esse lugar cheio de subidas e descidas. Um verdadeiro exercício para deixar as coxas bem torneadas!

A minha amada, que adora bater pernas e entrar em cada comércio que encontra pela frente, não perdeu tempo. Em cada loja que entrávamos, lá ia a minha então namorada puxar conversa com o proprietário. “Ei, você já viu o ET?” Geralmente, ela recebia um sorriso do outro lado e, de vez em quando, um “Vi, sim!” ou, então, “Ainda não, mas conheço alguém que viu!”.

Tudo seguia bem divertido, até que a Dona Irene fez a mesma pergunta para a dona de uma padaria. Pra quê? A mulher, toda sisuda, respondeu grosseiramente: “Não tem ET nenhum aqui, não! Isso é tudo besteira!” Puxei a minha namorada pelo braço e voltamos para a calçada. Demos alguns passos e, então, tivemos o seguinte interlúdio:

– Você viu aquilo?

– O quê?

– Aquela mulher!

– O que tem ela?

– Ela é o ET de Varginha!

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2024 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.