Curta nossa página


Sesta e sábado

Dori Caymmi comemora 80 anos no Soberano

Publicado

Autor/Imagem:
Malu Oliveira, Edição/Via Cezanne Assessoria - Foto Divulgação

Neste ano, mais um artista consagrado entra para o hall dos octogenários da MPB. Dori Caymmi completa oito décadas no próximo dia 26 de agosto, sábado, e vai soprar as velinhas junto com o público! O cantor, compositor e arranjador fará dois shows de comemoração no Soberano, sofisticada casa de espetáculo em Itaipava, nos dias 25, sexta, e 26, sábado, quando, de fato, se completa a efeméride.

Nesse show será apresentado o seu vasto repertório mais popular e conhecido em todos esses anos de sua carreira, canções como “Porto’, “O Velho do Mar”, “Velho Piano”, “Sem Poupar Coração”, além de cantar também pérolas de Dorival Caymmi, Tom Jobim, Vinicius de Moraes, Edu Lobo e tantos outros amigos e parceiros.

Filho de Dorival Caymmi e Stella Maris – irmão de Nana e Danilo Caymmi – Dori Caymmi desde a infância estudou piano, violão e teoria musical. Sua atuação como compositor é destacada, e nos festivais dos anos 60 teve músicas defendidas por MPB-4 (“Cantigo”), Nana Caymmi (“Saveiros”, com Nelson Motta) e Elis Regina (“O Cantador”, com Nelson Motta) além de parceria com Chico Buarque e Paulo César Pinheiro como um de seus principais parceiros.

Nos anos 70, trabalhou mais as trilhas para cinema e televisão e, na década de 80 – a convite do Quincy Jones – dedicou-se mais ao mercado norte-americano, onde passou a trabalhar como arranjador e compositor, radicado em Los Angeles. Sua maneira de tocar violão, com afinações pouco convencionais, e suas harmonias criativas o projetaram internacionalmente. Outros de seus sucessos foram “De Onde Vens” (com N. Motta), gravada por Elis e Nara Leão, e “Festa”, gravada por Jair Rodrigues, Elis e Sergio Mendes, “Saudade de Amar” (com Paulo César Pinheiro), Grammy de melhor canção brasileira.

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2023 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.