Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Brasília

Escola integral terá mais 46 mil estudantes

Carolina Paiva, Edição

A Secretaria de Educação do Distrito Federal pretende ampliar em 10% o atendimento da educação integral a toda a rede pública de ensino até 2024, aumentando a oferta, até lá, em 3 mil matrículas por ano neste sistema. Calculando pelo número de vagas ofertadas hoje na rede, seriam em torno de 46 mil estudantes.

Atualmente, 7% de toda a rede é atendida pela educação integral nos ensinos fundamental e médio, sendo que o médio aumentou a oferta em 1.200 vagas este ano e agora atende 4 mil estudantes. A Secretaria de Educação começou este ano letivo com 37 mil estudantes e mantém hoje esta mesma oferta, nas mesmas 198 escolas que ofertava em fevereiro.

Nos anos anteriores, 62 escolas deixaram de ofertar vagas integrais, entre 2012 e 2017. Em 2012 o ministério da Educação reduziu o fomento de Mais Educação e só o substituiu no final de 2018 pelo Escola do Adolescente, mas ao secretaria optou por não aderir a este programa.

Para ampliar o número de vagas, a secretaria começou a implantar, neste 2º semestre, um plano de reorganização de toda a rede, com base em mapeamento feito no início deste ano, de forma a ampliar a oferta de vagas na educação integral e organizar a demanda da educação regular em 2020.

O mapeamento revelou, entre outras coisas, escolas onde havia salas de aula ociosas que poderiam atender à demanda da educação integral, bem como outras que poderiam atender à demanda de novas matrículas para o ensino regular. O plano prevê tornar algumas unidades escolares em atendimento 100% de educação integral. Todos esses dados foram cruzados.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente