Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Está chegando a hora

Fome e violência humana podem abrir caminho para o canibalismo

Publicado

Foto/Imagem:
Evgeny Mikhailov/Via Sputniknews - Foto Divulgação

Um artigo do New York Times causou alvoroço entre os twitteiros, já que muitos usuários sugeriram que parecia que o jornal estava apoiando a ideia de comer outras pessoas.

O texto, intitulado “A Taste for Cannibalism?” foi publicado por Alex Beggs no sábado, 23, na seção NYT Style. Embora seja dedicado à representação do canibalismo na cultura moderna, alguns leitores ficaram chocados ao ver um artigo sério sugerindo que o canibalismo “tem hora e lugar”.

Entre outros exemplos, o autor menciona uma cena macabra imaginada pela romancista Chelsea G. Summers (que inspirou seu romance “A Certained Hunger”), onde uma mulher come o fígado de seu falecido namorado após fritá-lo.

“Acontece que o canibalismo tem hora e lugar. Nas páginas de alguns livros recentes de revirar o estômago, e nas telas de televisão e cinema, Summers e outros sugerem que essa hora é agora”, diz o artigo.

O texto menciona vários programas e filmes que retratam pessoas que devoram carne humana. Beggs citou Ashley Lyle, escritora da série Yellowjackets, que apresenta cenas canibais gráficas. Ela sugeriu que a pandemia global, a turbulência política, as mudanças climáticas e os tiroteios em escolas “podem estar alimentando o desejo de histórias de canibalismo hoje”.

“Sinto que o impensável se tornou o pensável e o canibalismo está muito bem nessa categoria do impensável”, alegou Lyle.

A matéria resultou em uma tempestade de comentários nas redes sociais, com pessoas perguntando se isso era uma paródia, enquanto outros criticavam o jornal por uma tentativa de atrair mais leitores – ou apenas zombavam da matéria com memes.

Publicidade
Publicidade