Curta nossa página


'Fujão' proibido de deixar o país

‘Hora da Verdade’ chega para Bolsonaro e grupo de golpistas

Publicado

Autor/Imagem:
José Seabra - Foto de Arquivo

A hora da verdade chegou. E veio em latim (Tempus Veritatis, do berço da democracia grega). Jair Bolsonaro, o fujão, não pode mais deixar o país. Ele tem 24 horas para entregar seu passaporte. A Polícia Federal, autorizada pelo ministro Alexandre de Moraes, amanheceu nesta quinta,8, cumprindo mandados de prisão, busca e apreensão em Brasília, Amazonas, Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Ceará, Espírito Santo, Paraná e Goiás. Três militares e um civil foram presos. O grupo bolsonarista, segundo a PF, dividiu-se “em núcleos de atuação para disseminar a ocorrência de fraude nas Eleições Presidenciais de 2022, antes mesmo da realização do pleito, de modo a viabilizar e legitimar uma intervenção militar, em dinâmica de milícia digital”. A caçada foi facilitada com a delação do coronel Mauro Cid.

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2023 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.