Curta nossa página


Referência na Asa Norte

Hospital Santa Helena comemora seus 55 anos

Publicado

Autor/Imagem:
Malu Oliveira, Edição/Via Empório Comunicação - Foto Divulgação

Quem olha para o moderno prédio do Hospital Santa Helena não pode imaginar que, na década de 60, era necessário percorrer 14 quadras de estrada de terra, para chegar à unidade de saúde, localizada na 516 norte. Isso porque o asfalto da via W3 Norte chegava apenas até a 502 Norte. Inaugurado no ano de 1968, o hospital chamava-se na época Casa de Saúde e Maternidade Santa Helena.

Antes mesmo da chegada do asfalto na área, que ocorreu apenas em 1980, nasceu na Casa de Saúde e Maternidade Santa Helena, em 1978, Luciano Lourenço, que se tornaria, no ano de 2022, diretor médico do Hospital Santa Helena. Estar à frente do corpo médico do hospital em que nasceu é motivo de muita alegria para o profissional. “Ter a oportunidade de fazer com que todos os pacientes e seus familiares saiam com uma percepção positiva é a minha principal missão profissional. As histórias de família, as fotos na entrada do hospital e o sorriso dos meus pais comigo, recém-nascido, nos braços, na saída da maternidade, se repetem todos os dias. É uma grande alegria sair de casa em direção a esse hospital que reúne um excelente corpo técnico, e que também é capaz de realizar um atendimento humano”, afirma.

Em 1996, a Casa de Saúde e Maternidade Santa Helena se transformou em Hospital Santa Helena, com a criação de um Pronto Socorro para atendimento geral. No ano de 2015, a história do hospital foi marcada pela aquisição pela Rede D’Or, que investiu no local para proporcionar uma modernização no parque tecnológico. Desde então, a unidade obteve conquistas importantes e marcantes para a medicina do Centro-Oeste, com o recebimento de certificações e reconhecimentos, como UTI TOP Performance da Epimed, Alta Conformidade em Práticas de Segurança do Paciente da ANVISA, Diamond Black da 3M, Práticas Assistências da Qualidade D’Or e Curso Gestante do GDF.

Durante o último ano, o Hospital Santa Helena passou por diversas mudanças, como a reforma no pronto socorro infantil e na UTI pediátrica. Ocorreu também a implantação da linha de cuidado do idoso, com ala geriátrica de internação exclusiva e corpo médico somente de geriatras. O hospital inovou dando início a linhas de cuidado específicas para portadores de síndrome metabólica e obesidade, tabagistas, doenças inflamatórias intestinais e, mais recente, pacientes portadores de insuficiência renal. O serviço de cardiologia foi ampliado, ganhando ambulatórios e internação com 32 leitos de UTI dedicados a este perfil.

De acordo com o diretor médico do hospital, Luciano Lourenço, novidades e mudanças continuarão. “Não tenho dúvidas que estamos no rumo certo para entregar o que há de melhor na medicina para nossos pacientes. O Hospital Santa Helena faz parte da história de Brasília. É referência no setor norte da cidade. Temos uma estrutura física em constante melhoramento, um corpo clínico consistente e muito enraizado, disposto a cuidar de pessoas com paixão e aproveitando todos os processos internos que a maior rede hospitalar da América Latina tem para oferecer”, afirma.

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2023 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.