Curta nossa página


Roubando votos

IA vai inundar eleições americanas com fake news

Publicado

Autor/Imagem:
James Tweedie/Via Sputniknews - Foto Reprodução

Os ‘deepfakes’ gerados por Inteligência Artificial que imitam personalidades estão se tornando mais sofisticados e convincentes. Andy Mok, pesquisador sênior do Center for China and Globalization, disse que nenhum político quer ser o último a usar a tecnologia contra seus inimigos. E seu uso no próximo processo eleitoral americano vai aumentar va níveis recordes.

O governador da Flórida, Ron DeSantis, já usou um deepfake – uma convincente representação em vídeo gerada por computador de uma pessoa real falando e agindo – para ridicularizar o ex-presidente dos EUA, Donald Trump, em um anúncio de campanha para as primárias republicanas.

O pesquisador Andy Mok disse ao Sputnik que espera ver mais políticos empregando deepfakes de seus oponentes e outros para promover suas campanhas políticas.

“Sabemos que a política americana tem uma longa e histórica, se não notória, história de aplicação de tecnologia para vencer corridas, às vezes de maneiras muito dissimuladas”, disse Mok. “Portanto, acho bastante seguro assumir que os deepfakes generativos de IA não serão diferentes”.

O comentarista disse que o “gênio está fora da garrafa”, já que as perdas potenciais por ser o último a usar a tecnologia contra os rivais eram “muito caras”.

“Sabemos como essas campanhas políticas podem ser cruéis e cruéis”, disse Mok. “Não é apenas uma corrida armamentista para arrecadar mais dinheiro, mas muitas vezes empregar esse dinheiro não apenas para dizer ao eleitorado que você é um grande candidato, mas para minar seu oponente por meio de pesquisas de oposição, campanhas negativas etc.”

No entanto, o risco não é apenas de sofisticados fac-símiles de alta tecnologia de políticos e celebridades.
“Vimos casos de desinformação, desinformação deliberada que não requer uma tecnologia de vídeo deepfake”, disse Mok. “Portanto, não é apenas com os deepfakes, mas também temos que ver que esse é um dos problemas das mídias sociais também, onde em lugares como Índia, Paquistão, onde informações falsas foram usadas para provocar violência no mundo real contra diferentes grupos étnicos .”

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2024 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.