Curta nossa página


Caxias do Sul

Justiça manda tirar a força quem resiste a ficar em áreas de risco

Publicado

Autor/Imagem:
Marta Nobre, Edição - Foto Reprodução/ABr - Força Aérea Brasileira

A Justiça do Rio Grande do Sul autorizou a evacuação compulsória de moradores de áreas de risco em Caixas do Sul, região serrana do estado. A medida foi motivada por uma ação do Ministério Público.

Agora as equipes da Defesa Civil poderão solicitar reforço policial para retirar à força moradores que estão em áreas de alto risco de deslizamentos de terra e se recusam a deixar suas moradias.

De acordo com o MP, a ação foi necessária diante da resistência encontrada pelas equipes de salvamento para retirar pessoas que vivem em áreas de risco.

Desde a semana passada, Caxias do Sul já registrou oito mortes em decorrência de deslizamentos de terra, provocados pelas fortes chuvas que caem na região. Uma moradora ainda está desaparecida.

Tremores de terra
Na madrugada de segunda-feira (13) foram registrados tremores de terra em quatro bairros de Caxias do Sul. De acordo com a prefeitura, os tremores não oferecem riscos à população e representam a acomodação de rochas subterrâneas, fenômeno comum no município.

“Também devido ao excesso de chuva nas últimas duas semanas, pode ocorrer a aceleração dessas acomodações devido à lubrificação causada pela água. Eventos desse tipo não têm poder de destruição, os moradores podem ficar tranquilos. Até agora não detectamos nenhum grande deslizamento de terra nas proximidades de onde foram sentidos”, declarou a prefeitura.

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2024 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.