Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Brasília, Rio, SP, Minas e Porto Alegre

Lava Jato pega doleiros que movimentaram US$ 1,6 bilhão

Publicado

Foto/Imagem:
Marta Nobre

Policiais federais amanheceram esta quinta, 3, em uma operação contra doleiros no Brasil e no Uruguai. A ação é mais uma etapa da Operação Lava Jato.

Estão sendo cumpridos 43 mandados de prisão preventiva e dois de prisão temporária no Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Distrito Federal e no país vizinho.

Segundo o Ministério Público Federal, que também participa da chamada Operação Câmbio, Desligo, a ação visa desarticular um esquema de lavagem de dinheiro, evasão de divisas e organização criminosa.

A operação conta com o apoio da Receita Federal e de autoridades uruguaias. Os alvos movimentaram cerca de 1,6 bilhão de dólares (cerca de 5 bilhões de reais).

A delação dos doleiros Vinícius Vieira Barreto Claret, o Juca Bala, e Cláudio Fernando Barbosa, o Tony, resultou na operação. Ambos trabalhavam em esquema que envolvia o ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (MDB) e revelaram a existência de um sistema chamado Bank Drop, composto por 3 mil offshores em 52 países, e que movimentava US$ 1,6 bilhão.

Os alvos são doleiros, clientes desse sistema e usuários finais do esquema. Um dos mandados é contra o doleiro Dário Messer, que tem residência tanto no Rio de Janeiro quanto no Paraguai.

Publicidade
Publicidade