Curta nossa página


Rejuvenescimento da pele

Método sul-coreano revoluciona mercado da estética

Publicado

Autor/Imagem:
Carolina Paiva, Edição - Foto Divulgação

A pequena sigla, PDRN, agitou o mundo da beleza e da estética no Brasil nos últimos tempos. Não por acaso. Os resultados do tratamento são surpreendentes.

De acordo com o médico dermatologista Erasmo Tokarski, “este tratamento promove o rejuvenescimento, potencializa a hidratação e a elasticidade da pele e pode ser usado em todos os tipos de pele”.

Mas afinal, o que é o PDRN?
O PDRN, originário da Coreia do Sul, é um tratamento rejuvenescedor com DNA de salmão, que estimula a regeneração e o crescimento celular. Ele reduz rugas, cicatrizes e promove uma pele mais hidratada e elástica. O procedimento é rápido e confortável, com mínima recuperação. Os resultados são visíveis após algumas sessões, proporcionando uma pele mais jovem e saudável.

Quais são os benefícios?
Os tratamentos de pele com PDRN oferecem diversos benefícios. As moléculas de PDRN estimulam a atividade metabólica das células, promovendo a regeneração do colágeno. Além disso, estimulam a recuperação de feridas, aumentando a taxa de crescimento dos fibroblastos, células essenciais na produção de colágeno.

Como resultado, os tratamentos com PDRN apresentam dois efeitos principais:

Efeito de Cicatrização

– Estimulam intensamente a reparação da pele.
– Reduzem a aparência de cicatrizes de acne e estrias.
– Minimizam os poros.

Efeitos anti-inflamatórios

– Reduzem rugas, linhas finas e tamanho dos poros.
– Estimulam a renovação celular e o crescimento de novas células.
– Estimulam a produção de colágeno.
– Melhoram a elasticidade e a hidratação da pele.

Como é o procedimento?
O procedimento inicia-se com a aplicação de um creme anestésico tópico para garantir seu conforto. Posteriormente, utiliza-se uma microagulha especial para administrar pequenas quantidades de PDRN diretamente sob a pele em pontos específicos do rosto. Esse processo é concluído em cerca de 15 minutos.

O tempo de recuperação varia de acordo com o tipo de pele, sendo geralmente mínimo. Pode ocorrer leve vermelhidão e pequenos inchaços imediatamente após o tratamento, mas tendem a diminuir em aproximadamente uma hora.

Quando poderei ver os resultados?
Os resultados variam de acordo com a taxa individual de renovação celular, mas a maioria dos pacientes nota melhorias logo nos primeiros dias após o tratamento.

Os melhores resultados são geralmente observados após 2 a 4 sessões, com intervalos de 3-4 semanas entre cada uma.

É importante ressaltar que o tratamento com PDRN não é um preenchimento dérmico, então os resultados visíveis podem não ser imediatos.

Como ele funciona na nossa pele?
O Polidesoxirribonucleotídeo (PDRN) estimula a atividade metabólica das células da pele, promovendo a produção de colágeno e elastina, inibindo a degradação da elastina e reduzindo a hiperpigmentação.

Ele também possui propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes, protegendo contra danos causados pelos radicais livres e ajudando na reparação do DNA danificado.

O PDRN não é metabolizado pelo fígado, mas sim degradado em nucleotídeos e nucleosídeos, que podem ser usados para reparar o DNA existente, acelerando o processo de regeneração e cicatrização da pele.

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2024 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.