Curta nossa página


Islândia

Onda de pequenos tremores prenuncia erupção vulcânica

Publicado

Autor/Imagem:
Antônio Albuquerque, Edição, com Sputniknews - Foto Reprodução

Embora os terremotos sejam uma ocorrência comum na Islândia, o escritório meteorológico do país (IMO) acaba de informar que, ultimamente, eles têm estado mais ativos do que o normal.

De acordo com o escritório, a Península de Reykjanes, nação insular nórdica, localizada no sudoeste, tem experimentado um “enxame sísmico” nos últimos três dias, com pelo menos 5 mil 800 sendo registrados.

“Estes terramotos são um sinal de alerta, parte de uma história a longo prazo de que sabemos que estamos entrando numa fase de preparação para a próxima erupção [vulcânica]”, disse Matthew Roberts, chefe da divisão de serviços e investigação da IMO.

Roberts acredita que os terremotos estão sendo causados ​​por um acúmulo de magma de longo prazo que vem aumentando a pressão e agora está flutuando em direção à superfície. Ele acrescenta que a origem dos terremotos está até cinco quilômetros abaixo da superfície da Terra.

O escritório informou que a grande maioria dos terremotos foi de magnitude inferior a 2,0, mas que dois terremotos mais recentes foram medidos com magnitude superior a 4,0. Um tremor registado na quinta-feira teve uma magnitude de 4,5, logo a norte da cidade piscatória de Grindavík, onde vivem cerca de 2 mil pessoas.

A península de Reykjanes já sofreu uma erupção vulcânica no início deste ano, após intensa atividade sísmica, no terceiro evento desse tipo ocorrido na área desde 2021.

“Da minha perspectiva como cientista e como alguém que acompanha esta atividade de perto, eu diria que é provável uma erupção nos próximos 12 meses”, disse Roberts.

Mas as autoridades locais não querem esperar tanto tempo – o comissário da polícia nacional da Islândia declarou recentemente um “Nível de Incerteza” da Proteção Civil, que incentiva os residentes a prepararem-se para terramotos mais graves, protegendo os itens nas suas casas e sendo cautelosos em áreas onde as rochas podem provocar deslizamentos.

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2023 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.