Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Faixa de Gaza

Palestinos denunciam mais crimes dos israelenses

Publicado

Foto/Imagem:
Bartô Granja, Edição - Foto de Arquivo

O primeiro-ministro palestino Mohammad Shtayyeh voltou a denunciar o aumento da violência e dos crimes israelenses contra os habitantes da Faixa de Gaza e da Cisjordânia este ano.

‘Durante a primeira metade de 2021 ficou claro que há uma política contínua de atirar para matar, disse o político durante uma reunião do gabinete aqui, de acordo com a agência oficial de notícias Wafa.

Esta estratégia criminosa deve parar, disse Shtayyeh, instando a comunidade internacional a pressionar Tel Aviv.

O primeiro-ministro na semana passada citou um relatório da UNCTAD que considera a ocupação israelense a principal causa dos problemas econômicos enfrentados pelos palestinos.

O documento da Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD) confirma que as ações de Tel Aviv são o principal obstáculo ao nosso progresso, disse ele.

A Autoridade Nacional Palestina tem controle limitado sobre a terra, os recursos e as fronteiras de nosso território, disse ele.

Shtayyeh exortou o país vizinho a acabar com a ocupação e pediu o estabelecimento de um Estado palestino nas fronteiras de 1967 com Jerusalém como sua capital.

Publicidade
Publicidade