Curta nossa página


A criançada

Pediatra alerta para os cuidados com a saúde na volta às aulas

Publicado

Autor/Imagem:
Malu Oliveira, Edição/Via Empório Comunicação - Foto Divulgação

As aulas voltaram e com elas a atenção deve ser redobrada com o cuidado da saúde dos pequenos estudantes. A retomada ao convívio social pode deixar as crianças mais expostas a algumas doenças. De acordo com o pediatra e coordenador de pediatria do Hospital Santa Helena, da Rede D’Or, Thallys Ramalho, existem doenças comuns da infância que são causadas habitualmente por vírus e que têm grande circulação nas unidades escolares.

“As principais doenças são as diarreias agudas; as infecções que acometem as vias aéreas superiores, principalmente os resfriados; síndrome mão-pé-boca e estomatites. Além de pediculose (piolho) e escabiose (sarna). Para crianças menores de dois anos, há de se considerar a possibilidade de bronquiolite, que pode ter uma evolução mais grave em lactentes, quando ocorre em menores de um ano”, explica o médico.

Segundo o pediatra, para aqueles que iniciarão o primeiro contato com a escola é preciso também estar em alerta à alimentação e a hidratação. “As crianças possuem um maior risco de desidratação, por esse motivo devemos ter uma atenção especial e constantemente oferecer água e sucos naturais. Em relação à alimentação, evitar comidas gordurosas, embutidos e ricos em açúcar, promovendo uma alimentação mais saudável”, explica.

Como prevenção, um ambiente arejado e limpo contribui para redução da propagação das doenças. “É válido destacar que o ensino das noções básicas de higiene para as crianças, como lavagem das mãos, tem um papel fundamental. Para os pais, a recomendação é não mandar para escola a criança com algum sintoma de gripe, diarreia ou até mesmo lesão de pele em piora e sem diagnóstico”, conclui o pediatra.

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2024 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.