Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Ser negro é crime?

Polícia erra e prende doutor em Dados da IBM

Publicado

Foto/Imagem:
Pontes de Miranda Neto II - Foto/Reprodução

Raoni Lázaro Barbosa, 34, foi solto na quinta, 9, após passar mais de 20 dias em uma cela da delegacia de Duque de Caxias.  Ele é negro e foi preso no portão da casa dele por um erro da polícia. Raoni é Cientista de Dados da IBM Brasil; formou-se na PUC-Rio, tem pós-graduação na Fundação Getúlio Vargas e especialização no Instituto de Tecnologia de Massachusetts, nos Estados Unidos. Ele foi acusado de integrar uma milícia na Baixa Fluminense. Por ter sido preso, mesmo que injustamente, está com seu emprego ameaçado. A IBM concedeu férias sem vencimento, por prazo indeterminado. A esposa, médica, promete usar bisturi para consertar os olhos da equipe da Draco (Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas) responsável pela prisão. A polícia é arbitrária. A Justiça é cega, lenta, mas não deixa passar crimes assim em branco.

Publicidade
Publicidade