Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Brasília

Produtores apostam em boa safra de maracujá

Carolina Paiva, Edição

Em parceria com a Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural (Seagri), a Emater-DF promove, nesta quarta-feira (2), o 9º Encontro Regional dos Produtores de Maracujá. O evento, que acontece no Núcleo Rural Pipiripau (região administrativa de Planaltina), deve reunir cerca de 300 participantes, entre produtores que já cultivam a fruta e aqueles que pretendem começar a atividade. Paralelamente, se realiza o 1º Encontro Regional dos Fruticultores.

“A cadeia da fruticultura é de grande importância para nossos produtores e para a economia do Distrito Federal, haja vista a goiaba e o morango em Brazlândia, que geram renda aos agricultores, inclusive com valor agregado por meio de produtos industrializados dessas frutas, empregos no campo e arrecadação para o GDF”, destaca a presidente da Emater, Denise Fonseca. “A Emater vai continuar a apoiar a fruticultura fortemente.”

Mercado promissor
De acordo com o engenheiro agrônomo Felipe Camargo, a produção de frutas vem ganhando espaço no Distrito Federal. “Os produtores estão percebendo que o mercado é bom e o manejo no cultivo é relativamente fácil, por isso organizamos este evento”, explica.

Mercado do maracujá e das frutas em geral, inovações tecnológicas no cultivo de abacate e novidades nos sistemas de produção da pitaya estão entre os principais temas abordados durante o encontro. “Abacate e pitaya têm despertado bastante o interesse dos produtores”, informa Camargo. “O primeiro, por ser um alimento funcional, tem uma excelente aceitação entre os consumidores; o segundo, por ser uma produção de fácil manejo e considerada ‘exótica’, eleva a renda”.

Dados da Ceasa-DF apontam que cerca de 80% das frutas consumidas no Distrito Federal ainda vêm de outros estados. “Com isso, temos um bom espaço para crescimento da atividade na nossa região”, avalia o engenheiro agrônomo. “A proximidade com o mercado consumidor diminui os custos com transporte e aumenta a qualidade do produto, o que faz nossas frutas ficarem mais competitivas”.

Em 2018, o DF produziu 35,8 mil toneladas de frutas. Desse total, 4,7 mil foram maracujá. Cerca de 130 produtores cultivam a fruta, que pode render até 90 toneladas anuais por hectare, dependendo da tecnologia aplicada e do manejo. No DF, a média de produtividade é de 30 toneladas, mais do que o dobro da média brasileira, que é de 14 toneladas por hectare. Manejo com irrigação localizada e polinização manual são os principais fatores que alavancam a produção no DF, além da parceria com a Embrapa, que trabalha constantemente com pesquisas na área.

Lançamento
Durante os encontros, serão lançados os dois volumes do livro Expedição Safra – Maracujá. As obras são resultado de uma ampla pesquisa feita num trabalho conjunto da Emater-DF, Seagri, Ceasa-DF e Embrapa, com o objetivo de fazer um raio-X da produção de maracujá no DF.

Serviço
9º Encontro dos Produtores de Maracujá
1º Encontro Regional dos Fruticultores
Quarta-feira (2), às 8h
Núcleo Rural Pipiripau II – Planaltina-DF
Inscrições no início do evento
Informações: (61) 3501-1990\

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente