Curta nossa página


Vai encarar?

Raul, com tacape, salva Lucas das garras de troglodita

Publicado

Autor/Imagem:
Eduardo Martínez - Foto Produção Irene Araújo

Há coisas e situações tão hilárias, que não é difícil duvidarmos que sejam verdadeiras. Entretanto, posso lhe garantir que essa história realmente aconteceu. Aliás, você nem precisa acreditar que tudo se passou exatamente da maneira que irei lhe contar, mas tenho convicção de que será divertido. E, por favor, não me peça para fazer um PowerPoint ridículo, já que não tenho muita vocação para palhaço.

A minha mulher (a famosíssima, linda e maravilhosa Dona Irene) e eu temos um casal de amigos (a Rita e o Raul) na agradabilíssima Porto Alegre. Esses dois, extremamente simpáticos, moram em um edifício numa rua sem saída e possuem um filho (o Lucas), que já é adulto. E tudo começou quando, há não sei quanto tempo, a Rita ouviu uma gritaria lá embaixo. Apreensiva, ela foi dar uma esgueirada na janela e, então, constatou que um homem enorme estava correndo atrás do Lucas.

– Raul!!! Raul!!! Raul!!! Corre, que tem um troglodita querendo bater no Lucas!

Por sua vez, o Raul, que tem físico mais para maratonista do que para lutador dessas lutas em gaiolas, correu que nem um doido para ver o que estava acontecendo. Assim que ele teve a exata noção do que poderia acontecer com o seu rebento, não teve dúvida. Pegou o que tinha mais perto e desceu as escadas como um verdadeiro Usain Bolt.

Já na rua, o Raul, com o tal objeto nas mãos, disse para o homem de quase dois metros: “Ei, você, deixa o meu filho em paz!” O cara, assustado com o Raul, preferiu fugiu do local. Dessa forma, o marido da Rita conseguiu salvar a vida do Lucas.

Você quer saber o que o Raul carregava nas mãos? Pois bem, era um lápis! Mas não um lápis desses que usamos para escrever. Era um lápis do tamanho de um taco de beisebol!

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2024 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.