Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Mundo

Rússia anuncia ‘míssil dos mísseis’ pronto para combate

Bartô Granja, Edição

Um estudo elaborado por especialistas em armas de grande destruição aponta que Rússia e China são os únicos países que obtiveram avanços significativos nos sistemas hipersônicos. Temendo ficar para trás na corrida armamentista, o secretário de Defesa dos EUA, Mark Esper, disse que o Pentágono estava aumentando o financiamento e acelerando os testes para desenvolver armas hipersônicas.

O próprio presidente americano Donald Trump, se gabou recentemente de que os militares dos EUA têm “super” mísseis que podem viajar de 5 a 7 vezes mais rápido que o armamento convencional.

Agora, em meio a crescentes desafios militares, os engenheiros russos iniciaram a criação de um míssil de alcance aéreo ultra longo com uma ogiva separável que pode interceptar alvos de alta velocidade e manobras.

O Ministério da Defesa da Rússia ordenou o desenvolvimento de um sistema multifuncional de mísseis de interceptação de longo alcance para o caça MiG-31 e o potencial MiG-41. O novo míssil é capaz de interceptar projéteis que viajam a velocidades hipersônicas.

O conceito supostamente prevê que a munição pesada de alta velocidade com base aérea atingirá seu alvo com vários mísseis ar-ar a uma distância de milhares de quilômetros.

Os mísseis agora anunciados se separarão quando acionados e poderão não apenas identificar um alvo distante, mas também atingi-lo. O presidente russo Vladimir Putin anunciou publicamente que Moscou possuía armas hipersônicas. O subsecretário de defesa dos EUA para pesquisa e engenharia, Michael Griffin, admitiu que, no que diz respeito à hipersônica, a Rússia e a China estão “notavelmente à frente do nosso […] estado atual de prática”.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente