Curta nossa página


210 soldados mortos

Rússia esmaga nova ofensiva das tropas ucranianas

Publicado

Autor/Imagem:
Antônio Albuquerque, Edição/Via Sputniknews - Foto Reprodução/MoD da Rússia

As forças armadas da Ucrânia perderam mais de 210 soldados durante tentativas de atacar posições russas na direção de Donetsk nas últimas 24 horas, informou o Ministério da Defesa da Rússia nesta quinta-feira, 27. Segundo o ministério, os militares ucranianos continuaram a fazer tentativas de ataque nas direções Donetsk, South Donetsk e Krasny Liman, mas falharam.

“As perdas inimigas por dia totalizaram mais de 210 soldados ucranianos, um tanque, sete veículos de combate de infantaria, três veículos blindados de combate, duas caminhonetes, obuses D-20 e Msta-B, bem como um contra-ataque AN/TPQ fabricado nos EUA. radar de bateria”, informou o ministério, acrescentando que nove ataques foram repelidos nessa direção.

O ministério também afirmou que as tropas ucranianas perderam até 185 soldados na direção de Krasny Liman . Além disso, Kiev perdeu mais de 280 soldados, 10 veículos de mobilidade de infantaria, 25 tanques e 1 vampiro MLRS RM-70 tcheco nas direções de South Donetsk e Zaporizhzhia, acrescentou o ministério. Além disso, os militares russos realizaram ataques com mísseis em postos de comando e aeródromos das forças armadas ucranianas, observou o ministério.

“As forças armadas russas realizaram ataques concentrados com armas aéreas e marítimas de alta precisão de longo alcance em aeródromos, centros de comando e controle e implantação das forças armadas da Ucrânia, oficinas e locais de armazenamento de barcos não tripulados, bem como mísseis , armas e equipamentos militares recebidos da Europa e dos Estados Unidos”, informou o ministério, acrescentando que todas as instalações foram atingidas.

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2023 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.