Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Torres Gêmeas

Vídeo polêmico traz sombras aos ataques de 11 de setembro

Publicado

Foto/Imagem:
Bartô Granja, Edição - Foto Reprodução

Um vídeo mostrando os sequestradores do 11 de setembro e um suposto agente de inteligência saudita, foi transmitido pela CBS News, provocando polêmicas.

O canal afirmou que o clipe havia sido recebido apenas duas semanas após o ataque, mas nunca foi divulgado. No vídeo, é possível ver terroristas que sequestraram os aviões que mais tarde colidiriam com as torres do World Trade Center, junto com o saudita Omar al-Bayoumi, suspeito de estar envolvido na trama.

“Há uma chance de 50/50 de Omar al-Bayoumi ter conhecimento avançado de que os ataques terroristas de 11 de setembro ocorreriam”, dizia um dos memorandos do FBI recentemente desclassificados, segundo a CBS.

O agente aposentado do FBI Danny Gonzalez, que esteve envolvido na investigação há muito secreta apelidada de “Operação Encore” centrada nos dois sequestradores, disse à rede que o cidadão saudita “os ajudou com apartamentos, ele os ajudou com contas bancárias”. Ele também foi supostamente empregado pelo governo da Arábia Saudita.

No entanto, al-Bayoumi foi libertado após ser detido pela polícia britânica cerca de duas semanas após o 11 de setembro. As autoridades do Reino Unido também apreenderam mais de 14.000 páginas de documentos, mais de 20 horas de vídeo e outras tantas horas de interrogatórios de áudio de Bayoumi pela polícia antiterrorista britânica.

A CBS não recebeu nenhum comentário dele sobre o assunto, mas a embaixada da Arábia Saudita em um comunicado para a rede disse que “qualquer alegação de que a Arábia Saudita é cúmplice dos ataques de 11 de setembro é categoricamente falsa”.

Publicidade
Publicidade