Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Casa e Decoração

Apê contemporâneo redefine estilo de morar

Ana Lourenço

Se tem uma coisa que sempre agrada em decoração é a atenção aos detalhes. Não importa o estilo ou a época: as pequenas coisas, quando bem feitas, atraem o olhar e em conjunto conseguem produzir um resultado memorável.

No bairro Jardim Oceânico, na Barra da Tijuca do Rio de Janeiro, um duplex de 363 m² corresponde a essa expectativa. Mesmo tendo diversos dos maiores “hits” da decoração – tijolinho aparente, cobogós, móveis de palhinha e plantinhas espalhadas – o apartamento projetado por Jacira Pinheiro mantém uma delicadeza e conforto visíveis.

“Todo mundo que chega não quer sair… é um projeto que abraça”, resume a arquiteta. “Um destaque que particularmente amo é o design da escada com o corrimão embutido em freijó, toda em linhas retas, revestida em quartzo branco, com guarda-corpo de vidro”. Para ajudar no design delicado da escada, uma espécie de hall foi criado seguindo a paleta de cores claras de todo o projeto. Um espelho grande e redondo divide a parede com um quadro de foto de azulejos. No piso, um tapete de linho que segue a mesma cor dos vasos e um banco de madeira recebeu plantas como detalhe.

A escada dá acesso ao segundo andar, onde fica o terraço – com área gourmet e piscina -, a área de serviço, a sala íntima de TV, o home office e a suíte do casal. “A escada estava no topo da lista dos desejos dos moradores”, conta Jacira. No primeiro andar está a área social com living e sala de jantar, a cozinha, o lavabo e a suíte das filhas. “O elevador vai do térreo do prédio até cobertura. O que é interessante dessa porta independente é que no caso dos filhos, que quando recebem amigos, eles vão direto para o quarto andar e não precisam passar pela área social”, diz Jacira. “Bem no fundo da cobertura fica a suíte do casal, que é bem reservada. Tomamos cuidado com isso”.

Os quartos – tanto do casal quanto dos filhos – segue a paleta de cores e o estilo contemporâneo do projeto. Junto a isso, a boa luminosidade faz com que eles tenham frescor. “Eu acho ele bem a cara do Rio de Janeiro”, confessa a autora do projeto. E justamente por estar na cidade litorânea a refrigeração foi garantida. “Um apartamento com muita luz natural, ventilação cruzada, e claro, como não pode faltar na cidade, splits em todos os ambientes”, explica ela.

O conforto é garantido com as diversas almofadas, tapetes e assentos espalhados pela casa. Já o estilo, pelas peças de design espalhadas, em conjunto com outras não assinadas, e a marcenaria. “Os detalhes da marcenaria sob medida, desenhada por mim, criam soluções práticas e funcionais para o projeto”, afirma.

O projeto luminotécnico foi favorecido pela abundante entrada de luz natural disponível. Houve também rebaixamento da estrutura de gesso para que spots de luz fossem posicionados. Além de pendentes, plafons e abajures adicionais. “Optei por iluminação com opções de sessão. Assim, cada ambiente pode acender todas as lâmpadas de LED ou selecionar entre as várias cenas de luz programadas”, explica ela.

Mas engana-se quem pensa que a construção do projeto foi simples. “Foram três anos no total. Desde o projeto inicial desenvolvido pela planta da construtora, passando pelo acompanhamento da obra e escolha de todos os materiais, até a marcenaria e, claro, a produção final com os objetos e obras de arte”, diz Jacira explicando que dentre os desafios foi preciso a adequação das medidas do projeto, com execução baseada na planta baixa da construtora. O resultado foi um duplex cheio de detalhes e a amizade dos clientes. “Cumplicidade e convívio quase que diário para transformar o projeto em realidade”.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente