Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Cardápio rico

Alimentação escolar ganha muçarela e manteiga

Publicado

Foto/Imagem:
Carolina Paiva, Edição - Foto Mary Lelal

Diretamente de chácaras e fazendas de 84 produtores rurais familiares do Distrito Federal e Entorno chegam duas novidades para alimentação escolar da rede pública de ensino: muçarela e manteiga. Ao todo, as escolas do DF receberão 30 mil kg de queijo e 3.500 kg de manteiga por mês para as preparações dos alimentos de 465.965 estudantes da rede.

“É a primeira vez que teremos muçarela na alimentação escolar da rede pública do DF e será a volta da manteiga na rede. É um enorme avanço porque traz mais variedade ao cardápio, estimula o consumo de novos ingredientes pelos estudantes e ainda apoia a agricultura familiar”, destaca a diretora de Alimentação Escolar da Secretaria de Educação, Fernanda Melo.

Para que o queijo e a manteiga cheguem até o prato dos estudantes, um longo caminho precisa ser percorrido. Milton Vieira, 52 anos, faz parte dessa cadeia de produção. Ele trabalha em uma fazenda no Gama que entrega leite para umas das cooperativas que desenvolvem esses dois novos gêneros.

“A gente zela pelos animais para que o leite seja de qualidade. É bom saber que as crianças terão queijo e manteiga de boa qualidade na merenda”, conta Milton, que tem filhos estudando na rede pública.

O produto inicial, o leite, é enviado para os laticínios para que seja feito o preparo necessário até que se transforme nos produtos finais: queijo e manteiga. A Chamada Pública n° 2/22 selecionou os produtos advindos de agricultores familiares e de empreendedores familiares rurais, de acordo com as exigências do edital e das legislações pertinentes.

Quase 700 escolas da rede pública receberão a muçarela. Enquanto, a manteiga chegará nas unidades escolares em que há mais de uma refeição por dia. “É muito gratificante ver que vai chegar na mesa dos estudantes um produto agroecológico e sem aditivos químicos. Vejo isso como uma conquista para a merenda dos estudantes. É muito bom fazer parte disso”, afirma Luciano Andrade, presidente da Cooperativa Coopindaiá, selecionada na chamada púbica.

A entrega da muçarela e da manteiga começou neste mês de novembro. A Escola Classe 39 de Taguatinga estreou a novidade no lanche das crianças nesta segunda-feira (7). O sanduíche de queijo foi sucesso entre os estudantes. A dupla do 5º ano do ensino fundamental Mirelle Sophia da Cruz, 12 anos, e Laís Barros, 11 anos, gostaram muito.

“A gente ainda não sabia que iria ter o queijo no lanche. Gostei muito da novidade. Uma delícia”, avalia Mirelle. A colega Laís comentou que a muçarela não é produto comum no seu dia a dia e ficou feliz com a oportunidade de comer novos alimentos.

As nutricionistas da Gerência de Planejamento, Acompanhamento e Oferta da Alimentação Escolar da Secretaria de Educação desenvolveram um caderno de sugestões de receitas que é atualizado cada vez que é incluído um novo gênero alimentício para os estudantes da rede pública. O material contém receitas e preparos para auxiliar as merendeiras nesse processo. Duas receitas com muçarela foram adicionadas.

Além das receitas, a diretoria também envia orientações de como porcionar o queijo e a manteiga, apresentando as possibilidades de acordo com os utensílios disponíveis na rede pública. Além disso, também há a indicação da quantidade a ser consumida pelos estudantes, considerando cada modalidade de ensino da Educação Básica.

Publicidade
Publicidade