Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Brasília

Aperta o prazo para Detran explicar novos pardais nas ruas



O Detran-DF tem até o fim do mês para explicar ao Tribunal de Contas os itens exigidos em um pregão eletrônico para a instalação de 136 barreiras eletrônicas. Os termos do edital foram contestados no início do mês por uma empresa do setor, que aponta suspeita de direcionamento da licitação à atual prestadora de serviços.

A reclamação foi enviada ao TCDF, que repassou o pedido de informações ao Detran sem manifestação. Segundo o conselheiro Renato Rainha, a Splice Indústria e Comércio contesta a exigência de “experiência prévia na instalação de barreiras eletrônicas”, que impediria a participação de empresas de pardais e outros tipos de radares na competição.

Barreiras eletrônicas são “equipamentos de redução pontual da velocidade na via, inclusive com dispositivo eletrônico que mostra a velocidade pela qual o veículo passou pela barreira”, disse o Detran. O dispositivo é diferente dos pardais, que apenas fazem o monitoramento da velocidade constante e enviam os dados para uma central.

Em nota, o órgão afirmou que os esclarecimentos solicitados serão enviados nos próximos dias. O prazo para resposta é de 15 dias úteis, contados a partir do dia 7.

O edital prevê que as empresas habilitadas apresentem um atestado que comprove a execução anterior de “serviços com características compatíveis com o objeto deste edital”, como instalação e manutenção de barreiras eletrônicas, equipamentos com leitura ótica de placas (OCR) e de processamento de multas.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente