Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Casa e Decoração

Aposta na iluminação natural e soluções sustentáveis

Carolina Paiva, Edição

A criação de áreas de convivência para a família desfrutar com o máximo conforto a casa de praia nos finais de semana e nas férias foi o principal foco do projeto concebido pelos escritórios Rua 141 Arquitetura e Zalc Arquitetura. “Criamos elementos para a ampla entrada de luz natural e a maior integração do interior com o exterior. Usamos pedras e fizemos lajes jardins nas fachadas para obter isolamento termoacústico”, diz a arquiteta Mona Singal, do Rua 141, sobre a construção de 400 m², dividida em dois pavimentos, no condomínio Jardim Acapulco, no Guarujá, litoral paulista.

Como a casa é usada para o lazer, o casal com três filhos adultos pediu soluções práticas, para facilitar a manutenção, e sustentáveis, que geram economia de água e energia elétrica. Além dos painéis de vidro, que fecham a área social sem bloquear os raios solares, o projeto inclui claraboias, uma na largura da escada no living e outras nos banheiros, para a iluminação zenital.

“Ainda tem a farta ventilação cruzada com a abertura das portas de correr entre as áreas externas, o home theater e o living, que fica em vão com pé-direito duplo de quase seis metros. Isso dispensou a instalação de ar-condicionado na área social”, diz o arquiteto Rafael Zalc. Além do living, o grande vão interno abriga o mezanino, onde foi instalada a sala íntima e a área de circulação que dá acesso às quatro suítes para a família no piso superior. Outra suíte foi criada no térreo para receber os pais do casal.

Para construir os grandes vãos e os ambientes mais abertos, os arquitetos precisaram empregar estrutura de concreto armado, que demandou a implantação de radier para fazer a fundação no terreno arenoso de 525 m². “Assim, pudemos projetar as fachadas frontal e de fundos espelhadas com jogos de volumes e balanços de 8 x 3,35 m, em ambos os lados: de um para cobrir a garagem e, do outro, a parte da piscina onde fica o spa, que faz cenário para o living”, explica Mona.

Na fachada frontal, um volume revestido de pedras projeta-se para fora. Ali está o home theater com janelão do teto ao chão. “Para dar privacidade, uma trepadeira desce da laje até o jardim que criamos na cobertura”, diz Rafael. Nos fundos, o espaço gourmet fica em volume destacado na área externa, que é setorizada por jardim vertical instalado em dois pilares estruturais, unidos por alvenaria. “A ideia foi aproveitar ao máximo a iluminação natural, a ventilação cruzada e a presença da natureza dentro de casa”, conclui Mona.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente