Curta nossa página


Atlético-GO derruba Ponte em Campinas com gols relâmpagos

Publicado

Autor/Imagem:


Na tarde desta terça-feira, Ponte Preta e Atlético-GO protagonizaram jogo emocionante no Moisés Lucarelli. O time de Goiânia venceu por 4 a 3, de virada, com três gols nos minutos finais da partida. Os visitantes abriram o placar com André Luis.

Porém, Lino marcou contra e garantiu o empate alvinegro. A partir daí, a Ponte se sentiu à vontade dentro de campo e ampliou com Tiago Alves e Thomás. Entretanto, o Atlético-GO ainda conseguiu virar com Lino e dois de Josimar.

Com o resultado, os campineiros ocupam a vice-liderança, com 37 pontos. Já os goianos permanecem na 14ª colocação, com 25 somados.

Na próxima rodada, a Ponte visita o Luverdense, nesta sexta-feira, às 21h50 (de Brasília), no Passo das Emas. O Atlético-GO, por sua vez, recebe o Vasco, no sábado, às 16h10 (de Brasília), no Mané Garrincha.

A Ponte começou decepcionando os torcedores presentes no Moisés Lucarelli ao deixar o Atlético-GO abrir o placar logo aos nove minutos. Jonas fez cruzamento do lado direito, e a bola encontrou André Luis, que cabeceou no canto esquerdo da meta de Roberto.

Com a vantagem, o time goiano se fechou, enquanto a equipe paulista tentava furar o bloqueio defensivo, principalmente com Renato Cajá. Porém, aos 15, foram os visitantes que levaram perigo com chute forte de André Luis. O atacante recebeu na entrada da área e soltou uma bomba, que foi à esquerda do gol.

A Ponte tinha dificuldades para igualar o placar, até que, aos 19 minutos, Lino cumpriu a tarefa ao marcar contra. O goleiro Roberto deu chutão para o campo ofensivo, Rafael Costa escorou para Roni, que cruzou rasteiro em busca do atacante. Lino tentou tirar com carrinho, mas acabou mandando para o próprio gol.

O empate renovou os ânimos da equipe paulista, que, aos 33, virou o jogou. Renato Cajá, em cobrança de falta, mandou a bola na entrada da pequena área. Tiago Alves desviou de cabeça e mandou no canto esquerdo da meta de Márcio.

A Ponte teve oportunidade de anotar o terceiro ainda no primeiro tempo, mas desperdiçou inacreditavelmente. A zaga do time goiano falhou na saída, Douglas tanque recuperou, driblou o arqueiro e demorou a finalizar. Quando chutou, Lino apareceu e afastou em cima da linha.

No fim da primeira etapa, o Atlético-GO tentou responder. Wagner carioca cobrou falta colocado buscando o canto direito do gol. Porém, a bola viajou pela linha de fundo.

Os goianos voltaram do intervalo dispostos a empatar o jogo. Logo no segundo minuto, Jonas recebeu pelo lado direito e fez cruzamento preciso para Jorginho, que cabeceou à esquerda da meta adversária.

Os donos da casa não deixaram por menos e, aos oito, ampliaram o placar com Thomás. Em jogada individual pela esquerda, o jogador conduziu para o meio e bateu rasteiro, mas forte para o canto direito do gol de Márcio.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2024 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.