Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Veículos

Avançado e arrojado, novo Creta dá água na boca

Mário Camargo, Edição

O novo Hyundai ix25 foi mostrado no Salão de Xangai, na China, no ano passado. Base do nosso Creta, o SUV tinha um visual tão ousado que ficou uma dúvida. Esse mesmo estilo será usado na versão brasileira do carro? “Alguma diferença sempre dá”, para usar uma gíria moderna.0 Mas a resposta é sim. O desenho da nova geração do Creta que começa a ser vendida no Brasil no segundo semestre de 2021 será esse.

Não vamos nos aprofundar no detalhamento do design, beleza é subjetiva e as fotos falam por si. Mas o novo Creta é feio. O novo modelo é maior que o atual. São 4,30 metros de comprimento, 1,79 m de largura e 1,62 m de altura, contra 4,27 metros de comprimento, 1,78 m de largura e 1,63 de altura.

A distância entre-eixos também foi aumentada em 2 cm, e passou para 2,61 metros. O peso, no entanto, foi o que mais mudou. Devido ao uso de materiais mais nobre e leves na construção, os 1.400 kg atuais desceram para 1.200 kg, uma diferença muito grande.

O chinês não tem, mas o nosso Creta terá o mesmo motor 1.0 turbo flexível com injeção direta do novo HB20. Ele joga para as rodas até 120 cv e 17,5 mkgf com etanol. E a tração será apenas dianteira, nada de 4X4 ainda. Até porque para rodar na cidade não precisa e ninguém faz off-road com um Creta. Os câmbios também serão os mesmos do hatch, manual ou automático de seis marchas.

Uma outra revolução também vai acontecer por dentro. A Tesla fez escola e a Hyundai também colocou uma tela gigante no Creta. Ela fica em posição central horizontal, como se pode ver no flagra. E fica contornada por muito acabamento em preto brilhante e metal. A alavanca de câmbio tem um estilo joystick e o painel digital tem mostradores bem grandes de velocidade e conta-giros.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente