Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Bélgica sugere a seus cidadãos levar dinheiro para dar a ladrão

Publicado

Foto/Imagem:


A Bélgica, uma monarquia encravada na parte rica da Europa, é um dos maiores PIB’s do mundo. Sua renda per capita é de fazer inveja a muitas nações (cerca de 43 mil dólares) e o Índice de Desenvolvimento Humano é dos mais elevados, atingindo 0.89.

Em termos de comparação com  o Brasil, o quadro é dramático. Aqui o a renda per capita é de 12 mil dólares, enquanto o IDH mal passa de 0.73, ou seja, na escala mundial estamos na 71ª colocação, enquanto a Bélgica se situa em 16º lugar.

De comum entre as duas nações, apenas uma coisa: os belgas têm uma rainha, e os brasileiros, uma presidente.

A grande diferença é que o governo de Bruxelas (capital belga) se preocupa com a integridade dos seus cidadãos. Tanto, que está recomendando ao torcedor que viaje para assistir a Copa do Mundo, que leve dinheiro para dar aos ladrões em caso de assalto, o que, avaliam as autoridades daquele país, é uma rotina.

No site do Ministério das Relações Exteriores está escrito: “não transportar grandes somas de dinheiro, mas no entanto estar pronto para dar um mínimo de dinheiro em caso de assalto (apenas algumas dezenas de reais) e ter muito cuidado ao usar cartões de crédito, especialmente em saques em caixas eletrônicos. Não guarde os cartões de crédito em casa”.

Dentre outras medidas de segurança contidas no “conselho ao viajante”, há recomendações para se evitar locais onde estiverem ocorrendo um protesto, principalmente no Rio de Janeiro e em São Paulo, já que constantemente há confronto entre os manifestantes e policiais. São listados ainda os bairros mais perigosos nas capitais dos Estados brasileiros.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade