Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Fogo cruzado

Biden acusa petrolíferas de estrangularem economia

Publicado

Foto/Imagem:
Dora Andrade, Edição - Foto de Arquivo

O presidente dos EUA, Joe Biden, fez uma enxurrada de críticas na sexta-feira à indústria de petróleo do país, e à Exxon Mobil Corp, em particular, por não bombear mais petróleo para achatar os preços do gás que ele acha exorbitantes.

Biden acusou as gigantes do petróleo de usar seus lucros mais altos para recomprar ações em vez de perfurar mais, “A Exxon ganhou mais dinheiro do que Deus este ano”, disse Biden, em referência aos enormes lucros que a empresa divulgou nos primeiros três meses do ano.

Os lucros do primeiro trimestre da Exxon Mobil mais que dobraram para US$ 5,5 bilhões, e as receitas aumentaram 52,4%, para US$ 87,7 bilhões. Além disso, a gigante do petróleo aumentou os gastos com recompras de ações em US$ 20 bilhões.

As companhias de petróleo dos EUA “têm 9.000 licenças para perfurar. Não estão perfurando. Por que não estão perfurando? Porque ganham mais dinheiro não produzindo mais petróleo”, disse Biden na sexta-feira.

Ele continuou a distribuir críticas mordazes, dizendo: “eles estão recomprando suas próprias ações, que deveriam ser tributadas com bastante franqueza. Recomprando suas próprias ações e não fazendo novos investimentos”.

O presidente, que originalmente havia prometido reduzir a dependência dos EUA de combustíveis fósseis como parte de suas promessas de campanha, agora disse que esperava acelerar a produção de petróleo, que deve aumentar 720.000 barris por dia para atingir 11,91 milhões de bpd em 2022.

A Exxon Mobil Corporation rejeitou a censura do presidente, ressaltando que continuou a aumentar sua produção de petróleo, gasolina e diesel nos EUA e tomou empréstimos pesados ​​para aumentar a produção. Como outras, a empresa sofreu perdas após os bloqueios da Covid que devastaram a demanda por petróleo em 2020. Mas em 2021 as empresas petrolíferas voltaram à lucratividade e viram os lucros dispararem este ano.

“Temos mantido contato regular com o governo, informando sobre nossos investimentos planejados para aumentar a produção e expandir a capacidade de refino nos Estados Unidos”, disse o porta-voz Casey Norton.

Em meio a uma expansão contínua da refinaria do Texas, Norton afirmou que a Exxon planejava aumentar os gastos em 50% em suas participações de xisto no oeste do Texas. Além disso, previa a adição de 25% a mais de produção este ano, pois a expansão adicionaria o equivalente a uma “nova refinaria de médio porte”, de acordo com o porta-voz.

Publicidade
Publicidade