Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Aliviando tensões

Biden e Xi aparam arestas para atacarem os problemas globais

Publicado

Foto/Imagem:
Evgeny Mikhaylov/Via Sputniknews - Foto Divulgação

Os presidentes americano e chinês realizaram uma reunião reservada durante a cúpula do G20 em Bali, na Indonésia, nesta segunda, 14. Joe Biden afirmou que Pequim e Washington devem superar suas diferenças e expressou esperança de um diálogo “aberto e honesto”. Já Xi Jinping disse que estava pronto para realizar “negociações francas” sobre questões bilaterais estratégicas e discutir a situação regional e global.

“Como líderes de nossas duas nações, compartilhamos a responsabilidade, na minha opinião, de mostrar que a China e os Estados Unidos podem administrar nossas diferenças, impedir que a competição se torne uma espécie de conflito e definir maneiras de trabalhar juntos em questões globais urgentes que exigem nossa cooperação mútua. E acredito que isso é fundamental para o bem de nossos dois países e para o bem da comunidade internacional”, disse Biden.

O presidente dos EUA observou que o mundo espera que os EUA e a China desempenhem um papel fundamental na solução de problemas globais, que vão desde as mudanças climáticas até questões de segurança alimentar. “O mundo espera, acredito, que a China e os Estados Unidos desempenhem papéis-chave no enfrentamento dos desafios globais, das mudanças climáticas à segurança alimentar, e que possamos trabalhar juntos. Os Estados Unidos estão prontos para fazer exatamente isso, trabalhar com você, se é isso que você deseja”, disse ele.

Biden acrescentou que ele e Xi pessoalmente têm a responsabilidade de encontrar áreas de cooperação entre as duas nações. Ele também expressou esperança de evitar um conflito EUA-China , acrescentando que os países devem lidar adequadamente com seu relacionamento.

Em resposta, Xi afirmou que “hoje, em nossa reunião, estou pronto para ter uma troca de pontos de vista honesta e detalhada com vocês sobre questões de importância estratégica para as relações China-EUA, bem como questões regionais e globais. Estou ansioso por nosso trabalho conjunto para devolver as relações bilaterais para o caminho do desenvolvimento saudável em benefício dos povos dos dois países”, disse o presidente chinês.

Ele também observou que era necessário trabalhar com todos os países para trazer a esperança de paz e estabilidade mundial. “A humanidade está enfrentando desafios sem precedentes, o mundo está em uma encruzilhada; e para onde ir é uma questão que não só nós, mas todos os países estão pensando. atraiu a atenção em todo o mundo”, disse Xi.

É a primeira vez que Biden se encontra pessoalmente com Xi desde o início de seu mandato. Anteriormente, o presidente dos EUA prometeu “competir vigorosamente” com a China e ainda evitar um impasse político. As tensões entre os EUA e a China aumentaram no início deste ano após uma viagem da presidente da Câmara, Nancy Pelosi, a Taiwan. Enquanto a Casa Branca se absteve de apoiar a visita, Pequim condenou a medida, alertando que haveria consequências severas.

Publicidade
Publicidade