Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Esportes

‘Bola’ sai do campo político e vai parar no fundo das redes

Foto/Batista Jr Press
Mário Camargo

Não é de hoje que o povo brasileiro ouve falar de ações da Polícia Federal e do Ministério Público para colocar atrás das grades quem ‘leva uma bola por fora’.

Mas neste sábado, 19, cansado de tanta corrupção, o torcedor preferiu mudar de assunto. E foi aos estádios assistir a atuação dos verdadeiros donos da bola.

E chute vai, chute vem, a bola não cansou de parar no fundo das redes.

No Rio, Madureira e Vasco deram o pontapé inicial na temporada 2019 jogando no Estádio Conselheiro Galvão, onde o Cruz-Maltino derrotou o Tricolor Suburbano com gol de Thiago Galhardo. Com um time recheado de reforços e garotos da base, o Vasco criou inúmeras chances, mas ficou só no 1 a 0.

Já à noite, ainda no Rio, a estreia do técnico Fernando Diniz no comando do Fluminense não foi como os mais otimistas esperavam. O renovado time tricolor não jogou bem e sofreu para empatar contra o Volta Redonda por 1 a 1, no estádio do Maracanã pela primeira rodada da Taça Guanabara – o primeiro turno do Campeonato Carioca.

Em Minas Gerais, O Cruzeiro começou bem a temporada de 2019, vencendo o Guarani por 3 a 1, no estádio Farião, em Divinópolis, na abertura do Campeonato Mineiro. O destaque foi o atacante Raniel, que marcou dois gols, mas nem deveria começar jogando como titular. Confirmado pelo técnico Mano Menezes para o jogo, o centroavante Fred se sentiu indisposto pela manhã e desfalcou o time de Belo Horizonte.

Em São Paulo, a estreia oficial de Jorge Sampaoli no comando do Santos foi tensa, mas teve final feliz. Com um gol de Jean Mota aos 32 minutos do segundo tempo, o Peixe venceu a Ferroviária por 1 a 0 na Vila Belmiro. Sampaoli teve motivo para se irritar: perdeu Bruno Henrique horas antes do jogo, negociado com o Flamengo.

Também pelo Campeonato Paulista, O São Paulo começou com o melhor roteiro possível. No estádio do Pacaembu,  o time tricolor mostrou poder de reação e lances bonitos para derrotar o Mirassol de virada por 4 a 1, pela primeira rodada da competição. O começo positivo dá ao técnico André Jardine mais confiança para trabalhar depois de duas derrotas no início da temporada, na Flórida Cup.

Enquanto isso, no Chile, a estreia da Seleção Sub-20 no Sul-Americano não foi o que todos esperavam. Pela segunda rodada do Grupo A – o Brasil teve folga na primeira -, a atuação ficou abaixo das expectativas e a equipe não passou de um empate sem gols contra a Colômbia.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente