Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Mundo

Bolívia admite fechar fronteiras contra Covid

Bartô Granja, Edição

O ministro da Saúde da Bolívia, Jeyson Auza, disse que seu país não descarta a possibilidade de um fechamento da fronteira devido a uma nova linhagem da Covid-19, mas sempre com base em sérios relatórios epidemiológicos.

Em uma entrevista com a rede de notícias PAT, Auza enfatizou que desde alguns dias atrás ele vem comandando um plano de contenção epidemiológica na fronteira com medidas para combater a pandemia.

Citou medidas como a imunização das populações fronteiriças, o fortalecimento do sistema de saúde nestas áreas com equipamentos, medicamentos, testes diagnósticos, vacinas e recursos humanos especializados.

Segundo o La Razón, o ministro confirmou que está sendo preparado um decreto para considerar a possibilidade de fechar as fronteiras, desde que dados epidemiológicos e relatórios sérios mostrem a necessidade de tal medida.

As declarações de Auza vieram em resposta às exigências das antigas autoridades governamentais de fechar a fronteira, principalmente com o Brasil, depois que uma nova estirpe do coronavírus foi detectada ali.

A este respeito, ele disse que, dado o aumento dos casos, eles estão realizando um plano de contenção epidemiológica nas áreas de fronteira, mas com base em relatórios sérios, não em opiniões.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2021 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente