Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Uma cajadada

Bolsonaristas avaliam indicar tucano para a Educação

Publicado

Foto/Imagem:
Pretta Abreu

Um grupo suprapartidário que comunga ideias de Jair Bolsonaro avalia indicar o nome do senador Izalci Lucas para o Ministério da Educação. A ideia é aliar ao mesmo tempo um perfil técnico e político, matando dois coelhos com uma só cajadada. O presidente teria duas vantagens, segundo um interlocutor desses congressistas: uma pessoa experiente à frente da pasta, podendo eventualmente atrair a simpatia de alguns tucanos desafetos de João Doria, já que Izalci é do PSDB. Coincidência ou não, Carlos Sampaio, líder tucano na Câmara, disparou essa pérola, nas redes sociais: “É inacreditável que depois de um ano e meio de polêmicas e pouca ação do ex-ministro Abraham Weintraub, infelizmente, a Educação, uma área tão essencial para o país, ainda não tenha à frente um ministro com a capacidade técnica necessária para fazê-la avançar”. E acrescentou: “A expectativa da bancada do PSDB é de que o novo indicado tenha esse perfil (técnico).” Procurado, Izalci não retornou as ligações.

Publicidade
Publicidade