Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Desculpa esfarrapada

Bolsonaro mexeu na PF em busca de interlocutor

Publicado

Foto/Imagem:
José Seabra, Diretor-Editor

Bolsonaro prestou nesta quinta, 4, depoimento à Polícia Federal no inquérito que apura uma suposta tentativa de interferir politicamente na corporação para blindar familiares e aliados de investigações. O presidente disse que não interferiu na PF e que trocou o então diretor-geral, Maurício Valeixo, no ano passado, por “falta de interlocução”. A demissão de Valeixo detonou a crise que levou à demissão do ex-ministro da Justiça Sergio Moro, em maio do ano passado. Valeixo é homem de confiança de Moro e foi levado à direção da PF pelo ex-ministro. Quando Bolsonaro pediu a substituição, Moro, responsável pela PF, tentou evitar a troca, mas acabou pedindo demissão. Moro, segundo Bolsonaro, queria mesmo era uma vaga no Supremo.

Publicidade
Publicidade